Detetive de New Jersey acusado de assassinato em rodovia de Maryland

Detetive de New Jersey acusado de assassinato em rodovia de Maryland
13 junho 12:41 2013 Imprimir

detetive homicidioJunior Schutt

O Detetive do Escritório do Promotor Público de Hudson County, Joseph Walker, 40 anos, residente em Eastampton, NJ, está sendo acusado de assassinato em segundo grau, na morte de Joseph Harvey Jr., 36 anos, residente em Halethorpe, Maryland. De acordo com o relatório divulgado pelas autoridades, os dois iniciaram uma discussão no meio de uma rodovia, quando Walker alegou que a vítima, Harvey havia “cortado” seu veículo, uma minivan Kia na noite de sábado passado, fazendo-o perder o controle do veículo. Durante a discussão o detetive sacou a arma, e disparou três vezes contra a vítima no acostamento de uma rodovia na Rota 3, próximo a Millersville em Maryland. Harvey foi encaminhado para o Baltimore Washington Medical Center onde faleceu.

Na manhã de segunda-feira, o advogado de defesa do acusado disse durante audiência na corte Anne Arundel County District em Annapolis, que seu cliente atuou em defesa própria, e que o homem estava ameaçando matar sua família, que estava no interior do veículo. A fiança para o acusado foi estipulada em $1 milhão de dólares, enquanto seu advogado apelou para a redução para $100.000, citando que o detetive está no cargo há mais de 18 anos, sem histórico criminal ou suspensões. O pedido do advogado foi negado pelo juíz Thomas Pryal, reafirmando a gravidade do caso.

O advogado disse em corte, que seu cliente, a esposa e os três filhos, idades 11, 6 e 3, estavam na minivan em direção de volta a New Jersey, comparecerem a uma festa de aniversário. Ele adicionou que a vítima, foi quem iniciou a discussão, mas não divulgou quais palavras exatamente foram usadas para ameaçar a família. A porta-voz da Polícia Estadual de Maryland, Elena Russo, revelou que várias testemunhas declararam vê-los durante a discussão, mas ninguém sabe quem começou ou o que foi dito. Russo disse também que ainda não está confirmado se a arma usada no crime, é a mesma usada por ele em serviço sob licença do Departamento de Polícia. Walker foi encaminhado para o Hospital, após reclamar de dores no peito, onde foi tratado e liberado. Ele está preso na Jennifer Road Detention Center. Um porta-voz do Departamento onde ele trabalha recusou-se a dar detalhes sob suas funções recentes, e de acordo com um relatório público, Walker contabiliza cerca de $85.000 em ganhos ao ano. Uma nova audiência em corte está sendo programada para os próximos dias.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.