O risco dos corantes artificiais

O risco dos corantes artificiais
16 janeiro 12:49 2014 Imprimir

greice rodriguesPor Greice Rodrigues

O colorido de chocolates como o M&M ou do cereal matinal parecem deixá-los ainda mais saborosos. Pelo menos para as crianças. A mesma sensação ocorre com os sucos, iogurtes, balas e uma enorme variedade de alimentos que ganham cores especialmente para ficarem mais atraentes para o consumidor. O que pouca gente sabe é que as substâncias usadas para colorir esses produtos podem causar desde reações alérgicas, alterações de humor ou até mesmo agravar problemas especialmente em crianças com Déficit de Atenção e Hiperatividade.

corantes artificiais

Na última semana esse tema ganhou destaque na mídia americana. A segurança do uso desses corantes artificias voltou a ser questionado por grupos de defesa do consumidor, médicos, entidades de pesquisa em saúde pública e representantes da sociedade civil. A principal reivindicação desse movimento é conscientizar a população e ao mesmo tempo pedir que o governo proiba a indústria de alimentos de utilizar essas substâncias. De acordo com pesquisadores, boa parte desses corantes artificiais são sintetizados a partir da tinta do alcatrão do carvão (petróleo). A idéia é que essa substância seja substituída por corantes naturais extraídos de plantas e minerais.

O debate em torno desse assunto já acontece há décadas, mas agora a pressão por mudança tem aumentado em vários setores. De acordo com Michael Jacobson, executive director of Center for Science in the Public Interest, o FDA e as grandes empresas precisam agir. “A Food and Drug Administration deve proteger a saúde pública, proibindo o uso desses corantes artificiais. E as empresas deveriam removê-las voluntariamente”, diz Jacobson. E apesar da resistência da indústria de alimentos, algumas empresas já começaram a se posiconar sobre o assunto. A Kraft, uma das maiores companhias do setor, anunciou que removerá corantes artificiais da linha de produtos Macaroni&Cheese. A população agradece!

  Editorias:




Escreva um comentário

1 comentário

  1. Sergio
    janeiro 16, 20:13 #1 Sergio

    Muito boa a matéria !
    Parabéns !!!!

    Reply to this comment

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.