Autoridades do estado declaram sentenças para criminosos capturados por abuso sexual

Autoridades do estado declaram sentenças para criminosos capturados por abuso sexual
20 fevereiro 15:42 2014 Imprimir

crime abuso sexual newark (destaque)

Junior Schutt– O índice de prisões ligadas a crimes de abuso sexual e estupro segue disparando a cada semana com casos sinistros envolvendo até educadores e profissionais dedicados no cuidado a menores. Devido a árduas investigações os Departamentos de Polícia de New York e New Jersey obtiveram resultados de sucesso nos últimos dias, fazendo justiça a esses indivíduos pervertidos, colocando-os em seus devidos lugares: atrás das grades. Na tarde de ontem (19), durante audiência na Suprema Corte em Newark, o Juíz Faith Hockberg, condenou a 10 anos de prisão, o acusado Paul R. Kleinman, 34 anos, residente em Jersey City, culpado por persuadir uma garota de 15 anos, do Condado de Union em New Jersey, a manter relações sexuais com ele através da internet e incitando-a para encontrar-se com ele. As autoridades divulgaram que Paul perseguiu a garota no período de 2012 a 2013, contatando-a pelo Facebook, obtendo seu número de telefone e obrigando-a a realizar atos sexuais em frente à câmera. Quando os pais da garota descobriram as mensagens acionaram as autoridades.

Em outro caso ainda mais sombrio, oficiais no Bronx, na cidade de New York, prenderam na noite de terça-feira (18) um enfermeiro de uma casa de assistência para idosos, acusado de estuprar uma paciente de 64 anos, que sofre de demência.  Nanic Aidasani, 42 anos, residente em Yonkers, NY, foi flagrado por um outro assistente em cima da vítima por volta das 2h00 da manhã no quarto do Health Care Center na West 231st em Kingsbridge. Em depoimento à imprensa, a família da vítima disse que vão recorrer a todos os meios de justiça para que o elemento pague por esse ato desumano, ainda mais grave quando trata-se de uma pessoa sem capacidade para defender-se. O criminoso tem sua primeira aparição em corte programada para a manhã desta quinta-feira (20) e encara sérias penalidades inclusive pena de até 25 anos de prisão.

No East Harlem, policiais capturaram um homem do Brooklyn, ex-detento por crimes sexuais, acusado de tentar estuprar uma jovem de 19 anos, abordada quando procurava as chaves na bolsa para entrar em seu prédio ao sair de um táxi nas proximidades da 135th Street em Manhattan por volta das 5h00 da manhã de terça-feira. Demetrius Edwards havia sido liberado da prisão em 2008 após cumprir 10 anos por crimes semelhantes e agora poderá cumprir outros 10 anos.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.