Kalil está na Suíça para tentar garantir 2,5 milhões de euros ao Atlético

Kalil está na Suíça para tentar garantir 2,5 milhões de euros ao Atlético
05 junho 15:41 2014 Imprimir

alexandre kalilEm busca de viabilizar contratações, o Atlético-MG poderá ter um reforço importante em suas contas nos próximos dias. O presidente Alexandre Kalil viajou para a Suíça, para acompanhar o julgamento do Marítimo, clube de Portugal, que tenta junto à Corte Arbitral do Esporte (CAS), não pagar cerca de 2,5 milhões de euros ao alvinegro mineiro por conta da transferência do atacante Kléber, em 2009.

O dirigente atleticano embarcou para o país, onde fica localizado o CAS, para acompanhar e participar do julgamento final. O Atlético ganhou na Fifa o direito de receber o valor, porém, o clube de Portugal recorreu à corte como última instância.

A briga judicial iniciou-se em 2010. Um ano antes, o atacante foi emprestado ao Marítimo, por dois anos. Na reta final do seu contrato, o time português não fez valer a prioridade de compra e o atacante foi negociado pelo Atlético com o Porto, por pouco mais de R$ 5 milhões.

Porém, para liberar o atleta antes do término oficial do vínculo, o Marítimo exigiu que o Atlético repassasse cerca de R$1 milhão, o que não aconteceu, de acordo com o clube português e que travou a negociação de Kléber para o Porto.

Caso saia vitorioso novamente no caso, o Atlético deverá receber a quantia paga pelo Marítimo até meados de julho, o que ajudaria o clube na busca por reforços. A diretoria atleticana trabalha para anunciar dois nomes pedidos por Levir Culpi durante a pausa do Brasileirão para a Copa do Mundo. Uma contratação já foi oficializada: o meia-atacante Maicosuel.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.