Estado Islâmico degola jornalista americano e publica vídeo na Internet. Autenticidade é confirmada

Estado Islâmico degola jornalista americano e publica vídeo na Internet. Autenticidade é confirmada
20 agosto 13:10 2014 Imprimir

FBI e Casa Branca declararam autêntico o vídeo que mostra a decapitação de James Foley, repórter norte-americano da Global Post, sequestrado por muçulmanos radicais.

A Casa Branca confirmou nesta quarta-feira a autenticidade do vídeo divulgado na terça-feira mostrando a execução do jornalista James Foley (foto) por militantes do Estado Islâmico (EI). Assista o vídeo abaixo com cautela:

“Os serviços de inteligência analisaram o vídeo difundido recentemente que mostra os cidadãos americanos James Foley e Steven Sotloff. Chegamos à conclusão de que este vídeo é autêntico”, informou Caitlin Hayden, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, em um comunicado.

O FBI também declarou aos pais do jornalista americano sequestrado acreditar que o vídeo de sua execução é autêntico, informou o GlobalPost, para onde a vítima trabalha. Em função dos últimos fatos, o presidente Barack Obama vai fazer um pronunciamento às 13h45 de Brasília, informou a Casa Branca. O pronunciamento foi anunciado no mesmo momento em que fontes do governo confirmaram novos ataques aéreos no norte do Iraque após a execução do jornalista pelos jihadistas do Estado Islâmico.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.