Muçulmano que salvou vidas em Paris recebe a cidadania

Muçulmano que salvou vidas em Paris recebe a cidadania
22 janeiro 14:05 2015 Imprimir

_muculmano

Um funcionário nascido no Mali, que salvou a vida de judeus durante ataque terrorista ao supermercado francês, recebeu cidadania e honras de herói das autoridades na terça-feira. O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, elogiou a “coragem” e o “heroísmo do muçulmano Lassana Bathily, 24, durante uma cerimônia com a presença do primeiro-ministro Manuel Valls. 

Cazeneuve disse que “o ato humanitário (de Bathily) tornou-se um símbolo de um islã de paz e tolerância”. Bathily estava na loja em 9 de janeiro quando Amedy Coulibaly invadiu a pista principal e matou quatro pessoas. Bathily desligou o freezer e introduziu várias pessoas de um grupo de clientes. Em seguida, ele foi para uma porta de emergência e ajudou a polícia a liberar 15 reféns e matar o atacante.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.