Arábia Saudita registra primeira decapitação com o novo rei

Arábia Saudita registra primeira decapitação com o novo rei
29 janeiro 10:00 2015 Imprimir

_arabia saudita

Um homem condenado por ter sequestrado e estuprado várias mulheres foi decapitado na segunda-feira na Arábia Saudita, na primeira execução realizada sob o novo regime do rei Salman bin Abdulaziz.

Moussa al-Zahrani, cuja nacionalidade não foi informada, foi executado em Jidá (oeste). Esta foi a 13ª execução na Arábia Saudita desde o início do ano, e é a primeira desde que Salman assumiu o trono com a morte de seu meio-irmão, o rei Abdullah.

Em 2014, a Arábia Saudita executou 87 pessoas condenadas à morte. Em 2013 foram 78, de acordo com a contagem.

Segundo um relatório da Anistia Internacional, o reino realizou o terceiro maior número de execuções no mundo em 2014, atrás do Irã e do Iraque.

Estupro, assassinato, apostasia, assalto à mão armada e tráfico de drogas são puníveis com a morte no reino.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.