Ariel vê lado bom da pressão, e Alisson avisa: “Ninguém está de sacanagem”

Ariel vê lado bom da pressão, e Alisson avisa: “Ninguém está de sacanagem”
10 março 12:47 2016 Imprimir

ariel cruzeiro

O Cruzeiro pode ser líder do Campeonato Mineiro, contudo, isto não mudou em nada um tema que vem sendo recorrentes no clube: a pressão sobre o técnico Deivid. O grande motivo das críticas resulta do futebol nada vistoso do time celeste, que tem sofrido bastante para superar adversários de menor poderio técnico.

No último domingo, este cenário se repetiu na vitória da Raposa por 1 a 0 sobre a Caldense, fora de casa, em que o time cruzeirense mais uma vez venceu apertado na competição estadual. Diante disso, o atacante Alisson entende o ponto de vista do torcedor, contudo, faz elogios ao trabalho de Deivid, garantindo que o futebol convincente pedido pela torcida é o mesmo almejado por todo o elenco.

“Temos que entender o lado do torcedor. Ninguém está aqui de sacanagem. Queremos dar o melhor em campo. O torcedor tem que entender que nós nos dedicamos. Quando vamos mal, somos prejudicados no nosso trabalho. Ninguém quer ganhar só de 1 a 0. Quanto ao Deivid, é um cara muito tranquilo. Ele nos disse que, a partir do momento que acharmos que ele não vale mais nada, é para falar com ele. Mas nós só temos que elogiá-lo. O trabalho dele é bastante elogiável. Vamos crescer com ele”, colocou o camisa 11.

“O trabalho está sendo muito bem feito. Nós queremos que as coisas deem certo, que a torcida e diretoria fiquem do lado dele, para conseguirmos o máximo de vitórias e brigar por títulos”, completou.

Assim como Alisson, o argentino Ariel Cabral também foi questionado sobre o ambiente conturbado da Toca da Raposa e reconheceu certo incômodo pelas cobranças recorrentemente feitas sobre o elenco celeste. O camisa 5, no entanto, preferiu destacar o lado positivo da pressão, que obriga o time cruzeirense a buscar uma evolução a cada jogo disputado.

“(Incomoda) Um pouco, sim. Mas é uma pressão bonita, porque, sempre que joga, o Cruzeiro tem de mostrar que é grande. A pressão é bonita quando a equipe quer mostrar que quer jogar bem, crescer partida a partida. Queremos mostrar em campo o futebol que pensamos e que treinamos. Se não convencemos, temos trabalhado para alcançar isso, que o futebol do Cruzeiro seja o que espera a torcida”, avaliou Cabral.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.