Retrospectiva 2016

Retrospectiva 2016
29 dezembro 18:56 2016 Imprimir

retrospectiva2016

2016 foi um ano totalmente atípico. Foi um ano surreal, marcado por guerras, mortes e violações dos direitos humanos mundo afora e desastres aéreos. Por isso dividiremos em três partes:

PARTE 1 – FAMOSOS QUE MORRERAM:                  

retrospectiva-2016-29
– David Bowie

Uma das primeiras grandes perdas do ano foi a do Camaleão do Rock, que nos deixou em 10 de janeiro, aos 69 anos, apenas 2 dias após lançar seu 25º álbum. Ele lutava contra um câncer de fígado, que praticamente ninguém sabia, além de seus familiares mais próximos.

retrospectiva-2016-46
– Umberto Eco

Em 19 de fevereiro, o filósofo e escritor Umberto Eco morreu em casa, na Itália, aos 84 anos. Ele é conhecido por obras como “O Pêndulo de Foucault”, “O Nome da Rosa” e “Apocalípticos e Integrados”.

retrospectiva-2016-41
– Prince

Considerado um dos maiores ícones da música pop de todos os tempos, Prince sofreu uma overdose acidental de fentanil, um potente analgésico, em 21 de abril. O cantor tinha 57 anos.

retrospectiva-2016-42
– Rubén Aguirre, famoso professor Girafales                  

Em 17 de junho, dois dias após completar 82 anos, o eterno professor Girafales foi chamado para fazer companhia ao Chaves, ao Seu Madruga e à Dona Clotilde no céu. Ele estava com uma série de problemas de saúde, como insuficiência renal, cálculos renais e diabetes.

retrospectiva-2016-37
– Héctor Babenco

Diretor de cinema argentino de nascimento e brasileiro de coração, Babenco estava com 70 anos quando faleceu em 13 de julho. Ele estava internado para tratar de uma sinusite e teve uma parada cardiorrespiratória.

retrospectiva-2016-35
– Goulart de Andrade

Conhecido pelo bordão “Vem comigo”, o jornalista fez muito sucessos em programas que passavam durante a madrugada. Ele tinha uma doença pulmonar e faleceu no dia 23 de agosto, aos 83 anos.


retrospectiva-2016-33
– Fidel Castro

O polêmico líder cubano, que governou o país entre 1959 e 2008, morreu aos 90 anos, no dia 25 de novembro.

retrospectiva-2016-32
– Ferreira Gullar

O escritor, poeta e crítico de arte Ferreira Gullar morreu de problemas respiratórios no dia 4 de dezembro. Ele estava com 86 anos e era membro da Academia Brasileira de Letras desde 2014, ocupando a cadeira que foi fundada por Tomás Antônio Gonzaga e já pertencera a Getúlio Vargas, Assis Chateaubriand e João Cabral de Melo Neto, entre outros.

retrospectiva-2016-40
– Dom
Paulo Evaristo Arns

Arcebispo-emérito de São Paulo e cardeal da Igreja Católica, Dom Frei Paulo Evaristo Arns morreu no dia 14 de dezembro, aos 95 anos, por causa de uma broncopneumonia.

retrospectiva-2016-34
George Michael

No domingo de Natal, o mundo recebeu em choque a notícia de que o cantor George Michael havia falecido. Segundo seu agente, ele morreu de insuficiência cardíaca. O britânico estava com 53 anos.

retrospectiva-2016-31
– Domingos Montagner

Deixamos por último este ator que era protagonista da novela da Rede Globo “Velho Chico”, que estava em sua reta final, pela forma dramática como ocorreu sua morte. Montagner  54 anos, morreu afogado justamente no rio São Francisco, que dava nome à novela. O acidente aconteceu no dia 15 de setembro e chocou o Brasil.

No total morreram trinta e cinco famosos, porém destacamos alguns deles que de alguma forma deixaram sua marca.

2 – OS ATAQUES E AS TRAGÉDIAS QUE MARCARAM O ANO DE 2016

retrospectiva-2016-47
BRASIL E MUNDO: Surto de Zika

Em janeiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) enquadrou pela primeira vez o vírus Zika como emergência sanitária mundial. Os resultados dessa emergência foram sentidos com força em todo o mundo: estima-se que de 3 a 4 milhões de pessoas contraíram a infeção em 2016.

AMÉRICA CENTRAL, CARIBE E ESTADOS UNIDOS: Furacão Matthew

A passagem do Furacão Matthew pela América Central, Caribe e Estados Unidos em outubro deste ano, deixou centenas de mortos por onde passou e agravou a crise humanitária no Haiti.

BÉLGICA
Ao menos 31 pessoas morreram e cerca de 300 se feriram em dois ataques de autoria reivindicada pelo Estado Islâmico, em Bruxelas, em março. Um deles ocorreu no aeroporto internacional de Zaventem e o outro, na estação de metrô Maelbeek.

EQUADOR
Em abril, um tremor de magnitude 7,8 atingiu a região litorânea, o maior abalo sísmico registrado no país desde 1979. O terremoto causou a morte de 570 pessoas, deixou 163 desaparecidos e cerca de 20,5 mil desabrigados.

retrospectiva-2016-1
BRASIL

Fortes ondas provocaram a queda de parte da ciclovia Tim Maia, no Rio, em abril. Duas pessoas morreram. Depois do acidente, um grupo foi fotografado jogando futebol perto dos corpos das vítimas.

MAR MEDITERRÂNEO
Um Airbus A320 desapareceu no mar Mediterrâneo, em maio, no espaço aéreo egípcio. O avião, com 66 pessoas, seguia de Paris para o Cairo. Informações de uma das caixas-pretas indicaram que houve a tentativa de apagar um incêndio antes da queda.

retrospectiva-2016-26
EUA

Armado com um fuzil AR-15 e uma pistola, o americano Omar Mateen, 29, matou 49 pessoas e feriu mais de 50, na casa noturna gay Pulse, na Flórida, em junho. Foi o maior atentado a tiros registrado na história recente dos Estados Unidos.

FRANÇA
O tunisiano Mohamed Bouhlel, 31, avançou contra uma multidão durante festejos da Queda da Bastilha, em Nice, em julho. Oitenta e seis morreram e mais de 400 ficaram feridas. A autoria do ataque foi reivindicada pelo Estado Islâmico.

ALEMANHA
Um alemão de 18 anos, de origem iraniana, iniciou um ataque a tiros em frente ao shopping Olympia, em Munique, em julho. Dentro do centro de compras, ele efetuou mais disparos. Pelo menos nove pessoas morreram e 21 foram feridas.

ITÁLIA
Em agosto, um terremoto de magnitude 6,2, abalou a região central da Itália, provocando a morte de mais de 280 pessoas. Dois meses depois, outro abalo, ainda mais forte, voltou a atingir o país.

COLÔMBIA
Um avião caiu nas montanhas de Cerro Gordo, no município de La Unión, em novembro. Setenta e uma pessoas morreram, entre elas integrantes da delegação da Chapecoense, que disputaria a final da Sul-Americana. Houve seis sobreviventes.

3 – POLÍTICA e outros

Donald Trump Holds Campaign Rally In Fort Worth
Eleição de Donald Trump

O empresário Donald Trump foi eleito como presidente dos EUA, superando todas as expectativas. Ele tomará posse no dia 20 de janeiro.

Vitória do Brexit

Nem os britânicos e nem a União Europeia (UE) esquecerão 2016. Pela primeira vez na história da UE, um país decidiu deixar o bloco. Essa saída foi aprovada por 52% dos eleitores.

retrospectiva-2016-38
Operação Lava Jato

A operação Lava Jato é a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve. Estima-se que o volume de recursos desviados dos cofres da Petrobras, maior estatal do país, esteja na casa de bilhões de reais. Soma-se a isso a expressão econômica e política dos suspeitos de participar do esquema de corrupção que envolve a companhia.

EUROPE-MIGRANTS/
Viagem sem volta: imigrantes e refugiados vivem o ano mais mortal na travessia do Mediterrâneo

ano de 2016 foi o mais mortal para os imigrantes e refugiados que tentaram atravessar o Mar Mediterrâneo para chegar à Europa, segundo dados do Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados). Pelo menos 3.800 imigrantes morreram até outubro deste ano, quando as estimativas do Acnur foram reveladas. Em 2015, foram 3.771.

retrospectiva-2016-39
Eleições 2016: PT sofre maior derrota eleitoral da história, enquanto PSDB avança pelo País

Após 13 anos no poder, em 2016 o PT sentiu pela primeira vez o peso do desgaste político que a crise causou à imagem da legenda. O partido foi o grande derrotado das eleições municipais e, pior que isso, perdeu espaço para o grande adversário: o PSDB. O PT perdeu 60,2% das prefeituras, em comparação com 2012. Tinha 638 e ficou com 254. Do outro lado, o PSDB, que tinha 695, subiu para 803 municípios: aumento de 15,5%.

Água em Lua de Júpiter, viagem para Marte e ondas gravitacionais: os destaques do ano da astronomia

Os seres humanos começaram a olhar para o espaço com mais do que admiração em 2016. O ano foi marcante em diversos sentidos para o campo da astronomia: hipóteses antigas foram confirmadas e os cientistas ganharam aliados importantes para transformar outros lugares do Sistema Solar em futuras casas para a humanidade.

retrospectiva-2016-27
Cruyff, Muhammad Ali, ‘Capita’: os atletas que deixaram o mundo em luto em 2016

2016 foi um ano triste para o mundo dos esportes. Atletas e ex-atletas queridos por todos deixaram amigos, fãs e familiares carentes depois de morrerem

Atentado na Bélgica

Bruxelas, Bélgica: três homens-bomba causaram a morte de 35 pessoas no aeroporto e no metrô da capital belga, na manhã de 22 de março. Cerca de 300 pessoas ficaram feridas. Os atentados foram reivindicados pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

Ataque em festa na Túrquia

Gaziantep, Turquia: um ataque suicida durante uma festa de casamento matou 53 pessoas, sendo 22 crianças, em 22 de agosto. O autor também era uma criança, segundo as autoridades, e teria sido comandado pelo Estado Islâmico

retrospectiva-2016-36
Grécia: “A polícia nos empurrou como se fôssemos animais”

Safiullah, sua esposa Farahnaz e seus dois filhos estavam dormindo em uma tenda na linha do trem do vilarejo de Idomeni, próximo à fronteira com a Ex-República Iugoslava da Macedônia, quando foram retirados à força pela polícia e mandados de volta para Atenas. “A polícia nos empurrou para dentro do ônibus como se fôssemos animais”, diz Safiullah. “Eles não permitiam que fôssemos a lugar algum e nos acompanhavam até para irmos ao banheiro. Nos trouxeram ao acampamento de Elliniko, e nos disseram que poderíamos retornar quando a fronteira estivesse aberta novamente. ” Quase sete meses depois, Safiullah, que tem 26 anos, ainda vive em uma tenda em Elliniko. Antes, ele era um vendedor de frutas no Afeganistão.

retrospectiva-2016-44
Voo da Chapecoense

O voo que levava a Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana caiu antes de chegar ao destino, matando 71 pessoas entre jogadores, comissão técnica, dirigentes e jornalistas. Confira os nomes dos que estavam no voo. Eram 77 pessoas a bordo.

retrospectiva-2016-28
Com 24 medalhas no currículo, Daniel Dias quer disputar “mais duas ou três” Paralimpíadas

Brasileiro diz que já está treinando para Tóquio 2020 e relembra emoção de competir em casa nos Jogos Rio 2016 As nove medalhas em nove provas conquistadas nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 alçaram o nadador Daniel Dias ao status de lenda do esporte. Somando as três participações no evento, o brasileiro soma 24 pódios na carreira, um recorde entre os homens na natação paralímpica. Daniel já fez história, mas segue com vontade de colecionar medalhas. “Espero competir em mais duas ou três Paralimpíadas e ajudar o esporte paralímpico a crescer”, disse Daniel, em entrevista ao Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês). “Já estou treinando para o Mundial do ano que vem, no México, para o Parapan de Lima, em 2019, e, claro, para os Jogos de Tóquio 2020”, avisou.

retrospectiva-2016-30
Dilma Rousseff saiu da presidência do Brasil

O impeachment de Dilma Rousseff e todos os seus desdobramentos políticos, foi, sem dúvida, o assunto de maior interesse dos leitores do Brasil no ano prestes a terminar. Em 2016, a política brasileira se tornou o segundo assunto de maior engajamento do Facebook mundial, atrás apenas das eleições norte-americanas.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.