Reino Unido fará fecundação de bebês de três progenitores

Reino Unido fará fecundação de bebês de três progenitores
05 janeiro 12:38 2017 Imprimir

reino-unido

O Reino Unido permitirá a partir de agora aos hospitais aplicar a polêmica técnica de fecundação de bebês nascidos a partir do DNA de “três progenitores”, afim de evitar a transmissão de enfermidades congênitas incuráveis.

Em 2015 o país se converteu no primeiro a votar a favor deste tipo de tratamento e a Autoridade de Embriologia e Fertilização Humana do Reino Unido deu luz verde para que as clínicas possam solicitar a licença necessária para desenvolver esses procedimentos.

O regulador britânico indicou que avaliará cada caso de maneira individual antes de autorizar ou não os tratamentos.

Paralelamente, as pessoas que são contra este método argumentam que dessa forma abrirão as portas aos chamados “bebês de projeto”, geneticamente modificados.

Esta técnica de reprodução assistida, chamada também terapia de substituição mitocondrial, emprega DNA de três pais diferentes: do pai, da mãe e de uma doadora ou “segunda mãe”-, e permite às mulheres que têm mutações genéticas raras dar à luz filhos saudáveis.

Os médicos substituem as mitocondrias defeituosas da mãe por outras procedentes da doadora saudável, com o que o bebê resultante teria os 23 pares de cromossomas habituais de ambos os pais e as mitocondrias da doadora.

A presidenta da HFEA, Sally Cheshire, observou que a decisão de hoje tem uma “importância histórica” e que com ela a cada ano aproximadamente 25 casais são ajudados a conceber um bebê isento da enfermidade mitocondrial.

Uma equipe médica de Newcastle será a primeira a ofertar este tipo de procedimento experimental, para isso estão solicitando doadoras de óvulos.

Pelo menos um entre cada 10.000 recém-nascidos estão afetados pela enfermidade mitocondrial e muitos deles que nascem com esta doença morrem muito cedo devido, entre outros fatores, a problemas cerebrais, cardíacos e musculares.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.