Líder do returno, Cruzeiro tem chance de superar própria campanha bicampeã

Líder do returno, Cruzeiro tem chance de superar própria campanha bicampeã
16 novembro 17:25 2017 Imprimir

Mesmo já fora da briga pelo título do Campeonato Brasileiro e com a vaga garantida na Libertadores do próximo ano, por ter sido campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro continua a somar pontos na competição nacional. Com a vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense aliada à derrota do Botafogo por 1 a 0 para o Atlético-PR, na última rodada, o time voltou a ser líder do returno com 27 pontos. Se continuar pontuando e tendo um bom rendimento, a equipe de Mano Menezes pode ser melhor no returno que a formação de 2013-2014, bicampeã brasileira com Marcelo Oliveira.

Com 27 pontos conquistados em 15 jogos, o Cruzeiro virou líder do returno e ainda tem mais 12 pontos a disputar, podendo chegar, no máximo, aos 39 pontos. Se o fizer, ultrapassará as campanhas do returno de 2013 (36 pontos) e 2014 (37), quando foi bicampeão. Se fizer 10, por exemplo, conseguirá só ultrapassar a primeira e empatará com a segunda.

Se tiver 100% de aproveitamento até o final, o Cruzeiro só não ultrapassará a campanha de 2009, quando marcou 40 pontos. Naquela edição, teve uma grande arrancada e se classificou à Libertadores. No primeiro turno, o time acabou em 14º lugar com 22 pontos. Entretanto, conseguiu fazer 40 pontos na segunda etapa e terminou a competição em quarto lugar.

Caso o Cruzeiro vença os quatro jogos, Mano Menezes colocará a campanha como segunda melhor da história dos pontos corridos, desde que o campeonato passou a ser disputado com 20 equipes em 2006. A pior, até hoje, foi em 2011, quando o time se salvou na última rodada: no segundo turno, só fez 16 pontos.

Já passou

A campanha atual já ultrapassou as campanhas de 2006, 2011 e 2012. Se conseguir vencer o Avaí, na quarta, no Mineirão, às 19h30 (de Brasília), ultrapassará a pontuação de 2007. Além disso, ficará perto de passar os rendimentos de 2008 (31 pontos), 2015 (33) e 2016 (32). Para o volante Lucas Romero, o bom rendimento mostra que o Cruzeiro não está de férias.

– Entrar em campo com a camisa do Cruzeiro já é uma motivação. Fomos campeões da Copa do Brasil, e todo mundo pensa que a gente perdeu a motivação, mas ainda temos um jogo pela frente. É importante acabar o ano da melhor forma possível, começar com a vaga no time para o 2018. Pelo individual e jogando até o fim do ano, que para mim é muito importante.

Com 54 pontos, o Cruzeiro é o quinto colocado do Campeonato Brasileiro. O técnico Mano Menezes deve fazer mudanças na equipe, com a entrada de Rafael Galhardo na lateral direita, enquanto na defesa Léo e Digão brigam pela vaga de Murilo, suspenso. Henrique deve voltar ao meio no lugar de Lucas Silva.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.