Autoridades de Newark, NJ, estabelecerão novas regras para as licenças para venda de bebidas alcoólicas

Autoridades de Newark, NJ, estabelecerão novas regras para as licenças para venda de bebidas alcoólicas
22 fevereiro 10:58 2018 Imprimir

Por causa das reclamações de moradores cansados do barulho e bagunça gerada pelas festas feitas no Newark Waterfront Center e após a morte de um homem que foi atropelado por volta da 1h00 da manhã quando atravessava a McCarter Highway, após sair de um show com artistas brasileiros, as autoridades querem estabelecer novas regras para com conceder licenças para a venda de bebidas alcoólicas em festas, shows e banquetes.

Os moradores da região reclamam muito, dizendo que os frequentadores de concertos atrapalham o tráfego, deixam restos de comida, latas, vidro quebrado e praticam vandalismo, se estendendo ao longo de todo o rio Passaic até Harrison, onde os donos de condomínio de luxo estão cansados ​​das batidas e sons altos chocalhando suas janelas madrugada afora, o que os obrigam a reservar quartos de hotel em noites de concertos.

Uma investigação feita pela NJ Advance Media sobre as festas realizadas no Newark Waterfront Center, destaca que há um problema nas leis de bebidas alcoólicas do estado. Os salões de banquetes não têm uma licença de licor store, mas repetidamente dependem de licenças únicas para servir álcool em festas e shows. O local realizou concertos ao ar livre que violam múltiplas leis locais, incluindo os regulamentos para a emissão de ruído e seus administradores nunca receberam uma citação da cidade por isso, descobriram os investigadores.

Um dos donos do centro, Javier Gonzalez, disse que o prédio não terá mais concertos que finalizam à 1h00 a.m., já que a cidade exige que os níveis de ruído estejam sob uma certa leitura de decibéis.

Quanto às licenças de licor, Gonzalez disse que são legais e que as pessoas que alugam seu espaço para festas seguem o processo de inscrição adequado com a Divisão de Controle de Bebidas Alcoólicas.

O Newark Waterfront Center está localizado em uma extensão movimentada da McCarter Highway próximo ao estádio dos Newark Bears e em uma área que tem poucos residentes, mas no outro lado do rio há o principal setor imobiliário de Harrison, um dos desenvolvimentos mais recentes, o Riverpark em Harrison, um complexo de condomínio de luxo que vende unidades por meio milhão de dólares.

Os promotores de concertos, que muitas vezes são brasileiros, pagam entre US $ 10.000 e US $ 15.000 para alugar o espaço, disse um dos promotores, Clerio Braga, da B Shows Entertainment.

O Newark Waterfront Center, disse o diretor de polícia Ambrose, tem espaço para ser utilizado entre 300 e 500 pessoas em seus eventos, mas que na verdade atrai milhares de espectadores. Os empresários e residentes locais dizem que temem os fins de semana que virão neste verão.





Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.