Na Alemanha, mulher é condenada por alugar filho a pedófilos

Na Alemanha, mulher é condenada por alugar filho a pedófilos
09 agosto 15:30 2018 Imprimir

Uma mulher foi condenada a 12 anos e seis meses de prisão, na Alemanha, por “alugar” o filho para pedófilos na ‘dark web’. A prática tinha fins sexuais contra o menino, que tinha 9 anos de idade quando o julgamento começou, em junho deste ano.

O padrasto da criança também foi condenado a 12 anos de prisão pelo Tribunal de Freiburg. Berrin Taha, de 48 anos, e Christian Lais, de 39 anos, são alemães e vivem em Staufen, perto de Freiburg. Os dois foram considerados culpados de estupro, agressão sexual de menor, prostituição forçada e distribuição de pornografia infantil. Um homem espanhol foi igualmente condenado, mas a 10 anos de prisão, por abusar do garoto, que hoje vive com uma família adotiva.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.