Brasileiro é suspeito de comandar rede de prostituição na Espanha

Brasileiro é suspeito de comandar rede de prostituição na Espanha
08 novembro 16:54 2018 Imprimir

Pelo menos 15 jovens transexuais brasileiros foram resgatados pela Polícia Nacional da Espanha na quarta-feira (31). Essas pessoas estavam sendo forçadas a participar de um esquema de prostituição e exploração sexual no exterior.

A quadrilha era composta por 13 suspeitos do Brasil, Romênia, Espanha e Peru. Segundo a polícia espanhola, o grupo era liderado por um brasileiro. Quatro suspeitos vão enfrentar acusações formais e continuam na prisão. Os outros nove foram liberados.  O resgate das vítimas aconteceu em um apartamento na cidade de Múrcia, no sudeste do país. O local onde as vítimas foram encontradas pertenciam ao suspeito brasileiro.

As vítimas não podiam sequer sair nas ruas e sofriam ameaças, inclusive de agressão física. Em uma nota, a polícia afirmou que as vítimas também eram obrigadas a usar drogas como cocaína e outras substâncias. Os transexuais eram pessoas que saíam de localidades pobres no Brasil e chegavam de maneira irregular na Espanha. Lá, se deparavam com a realidade da exploração sexual para pagar as dívidas da viagem. As investigações começaram em fevereiro, após a denúncia de uma das vítimas. A polícia espanhola conseguiu rastrear o traficante que fornecia as drogas, mas ele fugiu. Ainda não foi esclarecido se as vítimas voltarão ao Brasil.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.