Quebrou celular de fã: Após ser preso nos Estados Unidos, Conor McGregor paga fiança e é liberado

Quebrou celular de fã: Após ser preso nos Estados Unidos, Conor McGregor paga fiança e é liberado
12 março 09:59 2019 Imprimir

O incidente aconteceu por volta das 5h da manhã, durante a saída de uma boate em Miami, na Flórida (EUA).

Preso na noite da última segunda-feira (11), o astro do UFC Conor McGregor já está à solta novamente. Após pagar fiança no valor de US$ 12.500,00, o lutador irlandês foi liberado do Centro de Correção Turner Guilford Knighte, em Miami, nos Estados Unidos, sob a presença de muitos fotógrafos. Ele aguardará o desenrolar do caso em liberdade.

Vale lembrar que, de acordo com o jornal “Miami Herald”, o ex-campeão de duas divisões do UFC foi preso após dar um tapa no celular de um fã, o derrubar e pisotear diversas vezes. Por fim, McGregor ainda pegou o telefone e foi embora. O incidente aconteceu por volta das 5h da manhã, durante a saída de uma boate em Miami, na Flórida (EUA).

Prisão

Conor McGregor foi preso em Miami Beach na segunda-feira após um fã alegar que o lutador irlandês de MMA quebrou seu telefone e saiu andando com os restos do aparelho, mostrou um relatório da polícia. McGregor, de 30 anos, foi levado a um centro de correção sob suspeita de roubo e crime, de acordo com um comunicado de prisão. O incidente ocorreu pouco depois das 6h da manhã (horário de Brasília) da segunda-feira. McGregor foi liberado após pagar fiança de 125 mil dólares, informou o jornal Miami Herald.

Samuel Rabin Jr., um advogado baseado em Miami que representa McGregor, disse que o lutador estava envolvido em uma “pequena briga em torno de um celular” fora de um hotel. “O réu tirou o celular da vítima de sua mão, fazendo com que ele caísse no chão. O réu, em seguida, pisou no aparelho diversas vezes, danificando-o”, disse o relatório, acrescentando que o dispositivo foi avaliado em 1.000 dólares. McGregor foi acusado em abril de 2018 sob três alegações de agressão e uma de dano criminal após a polícia acusá-lo de atacar um ônibus fretado em Nova York que levava lutadores do UFC. Posteriormente, ele se declarou culpado em prol de uma pena reduzida de má conduta.





Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/pressbra/public_html/v1/wp-content/themes/_bpressV4/functions/filters.php on line 206

Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/pressbra/public_html/v1/wp-content/themes/_bpressV4/functions/filters.php on line 225