Massacre nos EUA: Autoridades identificam vítimas de tiroteio em Virginia Beach

Massacre nos EUA: Autoridades identificam vítimas de tiroteio em Virginia Beach
01 junho 15:50 2019 Imprimir

Ataque a prédio governamental deixou 12 mortos e quatro feridos. Assassino também morreu após confronto com policiais.

Na manhã deste sábado (1), autoridades de Virginia Beach identificaram os nomes das vítimas do tiroteio em um prédio governamental da cidade da costa leste dos Estados Unidos, nesta sexta-feira (31). O ataque deixou 12 mortos e quatro feridos. O assassino morreu ao trocar tiros com policiais.

Segundo o gestor municipal de Virginia Beach, Dave Hansen, 11 vítimas eram funcionárias do governo. A 12ª vítima, segundo agências internacionais, era um empregado cobrindo uma licença. Durante a coletiva, eles mostraram imagens das vítimas e contaram um pouco da história de cada uma delas. Hansen também afirmou que assistentes sociais trabalharam ao longo da noite para comunicar as famílias das vítimas e descreveu o trabalho como “a tarefa mais difícil a ser feita”.

Equipes de socorro respondem a chamado após tiroteio na prefeitura de Virginia Beach, nos EUA — Foto: Kaitlin McKeown/AP

Veja quem são os 12 mortos do tiroteio:

  • Laquita C. Brown, de Chesapeake
  • Tara Welch Gallagher, de Virginia Beach
  • Mary Louise Gayle, de Virginia Beach
  • Alexander Mikhail Gusev, de Virginia Beach
  • Katherine A. Nixon, de Virginia Beach
  • Richard H. Nettleton, de Norfolk
  • Christopher Kelly Rapp, de Powhatan
  • Ryan Keith Cox, de Virginia Beach
  • Joshua A. Hardy, de Virginia Beach
  • Michelle “Missy” Langer, de Virginia Beach
  • Robert “Bobby” Williams, Chesapeake
  • Herbert “Bert” Snelling, de Virginia Beach

A polícia revelou também a identidade do assassino. Dewayne Antonio Craddock era engenheiro, funcionário público de Virgínia e tinha 40 anos de idade. As autoridades destacaram ainda que esta seria a única vez que o nome seria citado. Os disparos começaram pouco depois das 16h (17h, de Brasília), no Prédio II do complexo onde funciona a administração de Virginia Beach.

James Cervera, chefe de polícia de Virginia Beach, fala durante coletiva e identifica os nomes das vítimas do tiroteio em um prédio público da cidade — Foto: AP Photo/Patrick Semansky

As autoridades acharam corpos em três andares diferentes do prédio e também no estacionamento. O chefe da polícia local, James Cervera, afirmou que um dos agentes chegou a ser baleado na troca de tiros, mas sobreviveu graças ao colete à prova de balas. Após um dos policiais balear o assassino, os agentes correram para socorrê-lo, afirmou Cervera. Ele não resistiu ao ferimento e morreu momentos depois. Um rifle e uma pistola foram encontrados no local do crime, de acordo com a emissora norte-americana CNN. O governador do estado norte-americano da Virgínia, Ralph Northam, lamentou o massacre. Pelo Twitter, ele disse que viajou a Virginia Beach para prestar auxílio. Ele também citou os nomes das vítimas nas redes sociais e escreveu que “eles nunca serão esquecidos”.





Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.