Jogadores do Cruzeiro marcam reunião, e Robinho garante grupo unido antes de partida decisiva

Jogadores do Cruzeiro marcam reunião, e Robinho garante grupo unido antes de partida decisiva
08 agosto 17:02 2019 Imprimir

A principal interrogação na escalação do Cruzeiro para enfrentar o Internacional está desfeita. O meia Robinho, que estava convivendo com dores na panturrilha esquerda há três semanas, garantiu estar recuperado e pronto para começar jogando no Mineirão, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), pelo primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil. Mas, antes da partida, o time terá uma importante reunião.

Segundo Robinho, os jogadores conversaram no grupo que têm no WhatsApp e marcaram uma reunião entre eles, nesta terça-feira, para falar sobre o momento cruzeirense. O time já está concentrado desde essa segunda-feira na Toca da Raposa, e o treino desta terça foi novamente todo fechado.

– A gente colocou que está na hora de sentar e reunir, conversar um pouquinho. Essas conversas são importantes durante o ano, ano passado tivemos essa conversa, 2017 nós tivemos e sempre deu resultado. Espero que agora possa dar de novo.

Ele garantiu também que o grupo está unido, mas que há líderes dentro do grupo cruzeirense que tem opinião forte e vão expô-las nesta terça.

O que a gente precisar acertar, realmente, é jogar melhor. Isso a gente tem que jogar. Nosso grupo é muito unido, só jogadores experientes, dificilmente tem uma discussão. Eu acho que deveria ter até mais discussão para melhorar.

– A conversa vai ser mais para dar um ponto da confiança, passar confiança para todo mundo, é nesse ponto. A gente é extremamente unido, temos líderes no elenco, que tem uma opinião muito forte e que vai colocar essa opinião hoje para as coisas voltarem a funcionar da melhor maneira – completou.

“Fiquei até preocupado”

Foram as palavras que Robinho disse para comentar sobre a entrevista de Mano Menezes, no domingo, quando o treinador revelou ter deixado o cargo à disposição. Ele comemorou a decisão da diretoria e disse que o momento do Cruzeiro vai melhorar depois do jogo contra o Internacional.

– Eu vi a entrevista dele e fiquei até preocupado, porque eu não quero que ele saia de maneira alguma. Ele já está há três anos aqui comigo, chegamos praticamente juntos, e tudo que nós conquistamos foi através dele, nos ajudando muito. Tem todo o respeito do grupo, então fiquei preocupado realmente. Ainda bem que a diretoria entendeu que a gente precisa dele, e nós jogadores entendemos assim. Tenho certeza que, depois dessa quarta-feira, as coisas vão começar a melhorar.

Panturrilha

Robinho não atuou nos 90 minutos nas últimas importantes partidas do Cruzeiro – as duas contra o River Plate, pela Libertadores, e o clássico com o Atlético-MG, pelo Brasileiro. As dores na panturrilha esquerda o incomodaram. Segundo ele, essa situação não mais o incomoda.

– Fiquei realmente as últimas duas, três semanas me tratando, praticamente não treinei. Por isso, fiquei no banco, eu acho. Agora estou bem, está praticamente zerada a dor. Consegui me recuperar, os fisioterapeutas fizeram um trabalho espetacular. Agora estou pronto e quarta-feira eu quero jogar – disse o meia. Com Robinho no time, o Cruzeiro deve ir com outras mudanças na equipe para a partida contra o Internacional. O meia disse que o time já está praticamente definido, mas não revelou quem começa jogando.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.