Léa Campos: Se Pode Complicar Para Que Facilitar?

by Redação | 8 de agosto de 2019 12:36 PM

As modificações são formas de facilitar ou dificultar? O futebol começou  a ser jogado em 1863, mas apenas em 1895 chegou ao Brasil introduzido por Charles Miller.  Em São Paulo sua intenção era substituir o croquet muito popular naquela época.
Aos poucos ele foi ensinando a jogar futebol e em pouco tempo concluiu que o Brasil era um celeiro de jogadores sem comparação.

As mudanças e a tecnologia foram sendo introduzidas e hoje temos a oportunidade de ver que um grupo de juízes à frente de monitores podem ajudar o árbitro nas dúvidas sem anular sua autoridade e mostrar aos torcedores quem está com a razão. No jogo entre Brasil e Venezuela (Copa América 2019), por exemplo, o VAR levou o árbitro a anular três gols brasileiros. É bom esclarecer que o árbitro não é obrigado a acatar o que diz o VAR, a decisão será sempre do juiz  que continua sendo a autoridade máxima em campo.

São muitos o câmbios, o mais importante em minha opinião é a tecnologia que mostra se a bola entrou ou não, se foi gol ou não. Jogadores, técnicos, árbitros, jornalistas e torcedores temos que nos adequar ao que foi modificado e assimilar o que a IFAB  está fazendo. O principal não é a mudança e sim como aplicá-la sem criar polêmicas, aceitar e na dúvida pesquisar, sempre haverá uma maneira de confirmar ou não a decisão.

Vai demorar um pouco porque as 17 regras que regem o futebol também foram alteradas, teremos que voltar a nos instruir sobre como será o futebol do futuro, somente lendo podemos saber o que está acontecendo e o que está por vir. A lei mais polêmica do futebol, o impedimento, ganhou roupa nova, vamos ver como se comportarão jogadores e principalmente todo o entorno que faz do futebol um esporte mágico e apaixonante.

Source URL: http://www.brazilianpress.com/v1/2019/08/08/lea-campos-se-pode-complicar-para-que-facilitar/