Agentes do ICE são vigiados por moradores de Staten Island

Agentes do ICE são vigiados por moradores de Staten Island
15 agosto 11:10 2019 Imprimir

Os residentes de Staten Island criaram um programa de patrulha cidadã para monitorar a atividade dos agentes do ICE e relatar em tempo real qualquer indicação de operações, prisões direcionadas e ataques em bairros predominantemente latinos, como Port Richmond.

O programa de patrulha cidadã é liderado por organizações como La Colmena e voluntários que são cidadãos americanos e residentes permanentes, assim como o ativista César Vargas.

A maioria dos membros não é hispânica, mas eles são considerados aliados das comunidades latina e de imigrantes, o que reforça a unidade e impulsiona a diversidade em um município com inclinação conservadora.

As brigadas patrulham das 5h00 às 8h00 da manhã, hora em que os agentes do ICE costumam executar suas operações.

Vargas explicou que as táticas de patrulha são o que ele aprendeu no exército.

“Para mim, era algo a duplicar aqui, no meu bairro, para combater os ataques da ‘migra’ que está acontecendo nas nossas comunidades”, disse Vargas, coordenador de patrulha da patrulha cidadã.

“Em vez de ouvir sobre os ataques depois que eles já passaram, queríamos estar presentes ao mesmo tempo em que eles (agentes ICE) executavam essas operações. Então, para nós é ter olhos, ter ouvidos nas comunidades e responder nessas emergências ”, acrescentou.

O que mais encoraja os residentes de origem hispânica é o interesse de seus vizinhos que não são indocumentados, imigrantes ou latinos, mas que rejeitam as políticas endurecidas de imigração e a separação familiar.

A incrível história de amor que superou o medo da deportação
“Na maior parte, aqueles que nos acompanharam nessas patrulhas são cidadãos, residentes neste país, que conhecem e reconhecem nossa comunidade”, disse Gonzalo Mercado, diretor da La Colmena.

Mercado disse que muitos moradores mudaram seu estilo de vida e hábitos por medo da ameaça de operações em suas comunidades.

De acordo com os dados mais recentes do Censo, 75,8% dos moradores de Staten Island se identificam como brancos. No entanto, de acordo com o Gabinete do Controlador do Estado, os imigrantes representam quase um quarto da população, com um terço vindo da Europa. A população nascida no exterior cresceu 57% entre 2000 e 2017.

Desde 2000, as populações asiáticas e hispânicas cresceram rapidamente, 84% e 66%, respectivamente. Residentes de origem italiana e irlandesa são os mais numerosos, pois ambas as comunidades representam 39% da população.

 





Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.