Léa Campos: Prêmio FIFA 2019

Léa Campos: Prêmio FIFA 2019
05 setembro 13:03 2019 Imprimir

Nosso jogadores precisam jogar mais se querem ser os melhores do mundo, ser jogador brasileiro não e suficiente, vestir a camisa “Canarinho” já não impõe respeito. Viramos uma seleção qualquer. Ainda assim a FIFA destaca dois goleiros brasileiros que concorrem ao prêmio de melhor do ano.

Alisson Becker que atualmente defende a meta do inglês Liverpool e Ederson, que atua também na Inglaterra defendendo o Manchester City, além do alemão Marc-Andre que ajuda o Messi a ganhar jogos no Barcelona. Nossos goleiros são os únicos brasileiros concorrendo aos prêmios FIFA, assim fica cada vez mais difícil um jogador brasileiro igualar ao recorde de Marta, atacante brasileira vencedora seis vezes consecutivas. A diferença de Marta e nossos atacantes é que ela joga com mais seriedade, talvez pelo preconceito imposto às mulheres no Brasil, ela luta mais e busca consolidar a vitória, mesmo quando já está vencendo, a missão dela é fazer e ajudar a fazer os gols, o que nem sempre ocorre com a seleção masculina.

Temos uma brasileira que disputa o título de torcedor, o que faz dela uma torcedora especial, e o fato dela narrar os jogos do Palmeiras para o filho palmeirense que é cego.  É lindo e emocionante ver Silvia Grecco narrando e criando emoções nos jogos para o filho Nickollas, de 11 anos, no Allianz Parque, estádio do Palmeiras em São Paulo. Ela não está sozinha nessa disputa, o uruguaio Justo Sanches, não perde um só jogo de time rival em memória do filho já falecido. Disputam o prêmio FIFA os jogadores de linha: Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e o holandês Virgil van Dijk. No que se refere às meninas, as finalista são: Lucy Bronze (inglesa), Alex Morgan e Megan Rapinoe (norte-americanas).

As goleiras em disputa são: Christiane Endler (chilena), Hedvig Lindahi (sueca) e Sari van Veenendaal (holandesa). Também há destaques para os melhores técnicos homens: Pep Guardio (espanhol), Jurgen Klopp (alemão) e Mauricio Pochettino (argentino). Entre as mulheres estão: JillEllis (norte-americana), Phil Neville (inglesa) e Sarina Wiegman (holandesa).
Para a premiação de 2020 esperamos que Pia, técnica da seleção possa estar entre as premiadas. Ainda tem o prêmio do gol mais bonito do ano: o prêmio Puskas, que tem Messi, Juan Fernando Quintero (colombiano) e Daniel Zsori ( húngaro). A premiação será anunciada em cerimônia de gala no Teatro Alla Scala em Milão (Itália) no próximo dia 23. Vamos todos torcer por nossos conterrâneos.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.