Utilidade pública: Autoridades de New Jersey alertam sobre surto de hepatite A

Utilidade pública: Autoridades de New Jersey alertam sobre surto de hepatite A
07 novembro 12:13 2019 Imprimir

Os casos de hepatite A em New Jersey registraram um aumento alarmante de mais de 650% em relação ao mesmo período do ano passado, e agora as autoridades de saúde estão alertando para um possível surto em um supermercado conhecido.

O Departamento de Saúde do Condado de Somerset disse que a pessoa infectada trabalhava no supermercado ShopRite, localizado na 1 na Rua S. Davenport, em Somerville, e que estava trabalhando durante o período infeccioso de 13 a 30 de outubro. Um amigo do trabalhador disse que a pessoa infectada trabalhava no balcão da lanchonete. O Departamento de Saúde de New Jersey aconselhou que qualquer pessoa que comprou na delicatessen durante esse período deve jogar fora os alimentos.

Se a comida já foi consumida por alguém que não foi vacinado contra o vírus, as autoridades disseram que a pessoa deve receber a vacina contra a hepatite A o mais rápido possível para evitar adoecer, mas isso deve ser feito dentro de duas semanas. Qualquer pessoa que tenha usado os banheiros no ShopRite entre as datas indicadas também deve considerar a vacinação, disseram autoridades de saúde. O loja divulgou um comunicado dizendo que desinfetou imediatamente a loja, incluindo a área de delicatessen ao ouvir o caso da hepatite A. A ShopRite disse que também jogou fora todas as carnes, queijos e sanduíches que a pessoa infectada poderia ter manipulado.

Embora alguns clientes tenham ficado surpresos com o problema de saúde, outros disseram estar confiantes de que o problema foi isolado e não os impediria de fazer compras na loja. Os sintomas da hepatite A em adultos incluem fadiga, falta de apetite, dor de estômago, náusea e icterícia. No entanto, eles geralmente desaparecem dentro de dois meses após a infecção. Seis pessoas já morreram de hepatite A em New Jersey até agora este ano. Mais de 500 casos foram relatados no total, um aumento impressionante de mais de 655%, segundo dados do Departamento de Saúde. A maioria dos casos, de 13 a 26 de outubro, ocorreu no condado de Camden, no sudoeste do estado. As autoridades de saúde disseram que identificaram um aumento no número de casos entre pessoas que relatam falta de moradia, uso de drogas, encarceramento recente e entre homens que fizeram sexo com outros homens. Eles também dizem que outros estados relatam aumentos semelhantes. Embora esses fatores de risco tenham sido identificados com maior frequência, o aumento de casos também foi observado entre pacientes sem esses riscos.





Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.