Irã convocou representante do Brasil em Teerã após morte de general

Irã convocou representante do Brasil em Teerã após morte de general
09 janeiro 18:16 2020 Imprimir

O Irã convocou a representante brasileira no país, Maria Cristina Lopes, para uma conversa depois de o Itamaraty manifestar apoio aos Estados Unidos na “luta contra o flagelo do terrorismo” em reação ao bombardeio americano que matou o general Qasem Soleimani em Bagdá.

A convocação de um representante por um governo é vista como um ato de protesto no meio diplomático. “Informamos que a Encarregada de Negócios do Brasil em Teerã, assim como representantes de países que se manifestaram sobre os acontecimentos em Bagdá, foram convocados pela chancelaria iraniana. A conversa, cujo teor é reservado e não será comentado pelo Itamaraty, transcorreu com cordialidade, dentro da usual prática diplomática”, informou o Ministério das Relações Exteriores a VEJA.

Um dos mais poderosos militares do Irã, Soleimani foi morto na quinta-feira 2 em um ataque aéreo americano no Iraque. O regime iraniano prometeu retaliação contra os EUA pelo assassinato. Dois dias depois, o Itamaraty divulgou comunicado em que expressa apoio aos americanos na luta contra o terrorismo e se coloca disposto a ajudar nos esforços para evitar uma “escalada de conflitos”.

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.