Léa Campos: Mulheres em Campo

Léa Campos: Mulheres em Campo
13 fevereiro 14:14 2020 Imprimir

Desde 2013 o futebol feminino passou a ser profissional, com a criação da Série A1 foi criada a Liga Brasileira de Futebol Feminino, sendo a principal competição futebolística do país, através dela é indicada a representante para a Copa Libertadores da América, competição sob a responsabilidade da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Ainda em 2013, a CBF, contando com a parceria da Caixa Economica Federal organizou a primeira edição do Campeonato Brasileiro contando com as 20 melhores equipes do Ranking da CBF de Futebol Feminino. Em 2017 foi alterada a fórmula de disputa da competição, reduzindo para 16 o número de participantes e criada a Série A2, que contava com o mesmo número de participantes. Com a ampliação do Campeonato Brasileiro foi cancelada a Copa do Brasil de Futebol Feminino.

Ano passado a Band adquiriu os direitos de transmissão da CBF. creio que o monopólio não faz bem em nenhuma área, melhor seria que outras emissoras pudessem tambem fazer as transmissões, o que evitaria boicotar algumas equipes e por bairrismo favorecer equipes do estado ao qual pertence dita emissora. O campeonato da Série A1 já está em andamento. Dia 10 o Estádio das Alterosas, as “cabulosas” do Cruzeiro receberam a equipe do São Paulo que perdeu pelo placar de 1×0 com o gol cruzeirense sendo anotado por Vanessa Lorrane aos 34 minutos do primeiro tempo.

O fato curioso foi o quarteto de arbitragem formado por mulheres:
O apito foi de responsabilidade de Francielly Lima de Castro, suas coadjuvantes:
Auxiliar 1- Caroline Costa Silva;
Auxiliar 2- Grazielle Maia Santos;
Quarta árbitra Andreza Helena Siqueira.

Temos a esperança de ver nossas árbitras e auxiliares sendo escaladas também para jogos masculinos, afinal o curso de árbitro é o mesmo e os testes  físicos também, logo não há motivos para tanta discriminação, não fomos beneficiadas com avaliações inferiores e muitas vezes nossa meninas foram superiores a alguns árbitros. Estamos no século XXI e não há lugar para tanto maxismo. Hoje teremos às 19 hrs em São José dos Campos o encontro do Cruzeiro contra o São José, esperamos que o Cruzeiro continue sua jornada positiva em busca do título nacional. O São Paulo, por sua vez enfrentará o Internacional de Porto Alegre, que no Domingo passado venceu a equipe do São José. Vamos Cruzeiro, estaremos na torcida por nossas meninas hoje, e o futebol feminino sendo honrado pelas meninas que lutam e lutarão sempre pelo futebol feminino no Brasil.

 

Informar é um privilégio, informar corretamente uma obrigação.

Léa Campos  

  Editorias:




Escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda...

Seja o primeiro a comentar!.

Publique seu comentário

Your data will be safe! Your e-mail address will not be published. Also other data will not be shared with third person.
All fields are required.