MundoNotícias

Série de ataques atinge Iraque e deixa ao menos 86 mortos

0

Uma série de ataques com carros-bomba e tiroteios atingiu áreas sunitas e xiitas do Iraque na segunda-feira (20), deixando ao menos 86 mortos e levando para mais de 230 o número de vítimas fatais desde a semana passada, o que aumenta os temores do retorno de um amplo conflito sectário no país, informaram autoridades.

bombas iraque

Os ataques, alguns dos quais atingiram mercados e pontos de ônibus lotados no horário em que a maioria das vítimas se dirigia ao trabalho, foram os últimos no recente aumento da violência no Iraque tendo como alvo civis xiitas e sunitas.

Apesar de o banho de sangue ainda estar longe da escala e brutalidade dos dias negros de 2006 a 2007, quando as duas seitas muçulmanas lançaram ataques retaliatórios uma contra a outra, a violência recente aumenta os temores de que país possa se encaminhar novamente para uma guerra civil.

As tensões pioraram desde que a minoria sunita do Iraque começou a protestar contra os maus-tratos supostamente infligidos pelo governo xiita. As manifestações em massa, que começaram em dezembro, foram em sua maioria pacíficas, mas o número de ataques cresceu muito depois que as forças de segurança lançaram uma ofensiva contra um acampamento sunita no norte do Iraque em 23 de abril.

Mas o recrudescimento da violência em áreas xiitas e sunitas desde o mês passado alimenta preocupações de um retorno da guerra sectária. O pior parte da violência desta segunda-feira aconteceu em Bagdá, onde dez carros-bomba explodiram em feiras livres e em outras áreas de bairros xiitas, deixando ao menos 48 mortos e mais de 150 feridos.

Na cidade de Balad, a cerca de 80 km ao norte de Bagdá, um carro-bomba explodiu perto de um ônibus com peregrinos iranianos, matando 13 cidadãos do Irã e um iraquiano, disse um policial.

Nenhum grupo reivindicou responsabilidade pelos ataques, mas explosões em larga escala costumam ser uma marca registrada da franquia da Al-Qaeda no Iraque.

A violência também aconteceu em áreas sunitas, atingindo a cidade de Samarra (a norte de Bagdá) e a Província de Anbar, um reduto sunita no oeste do Iraque. Um carro-bomba estacionado em Samarra explodiu perto de uma reunião de milícias sunitas pró-governo que aguardavam do lado de fora de uma base militar para receber seus salários, deixando três mortos e 13 feridos, enquanto um homem armado em Anbar fez uma emboscada contra duas patrulhas da polícia perto da cidade de Haditha, deixando oito policiais mortos.


Santos tenta esquecer ‘novela Neymar’ e encara Joinville para salvar 1º semestre

Previous article

Kerry defende fortalecimento da parceria entre Brasil e EUA

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo