EsportesNotícias

Médico do Inter diz que veto a Adriano foi somente por defasagem física

0

O Internacional desistiu de contratar Adriano, mas garante que a decisão não tem nada a ver com o tendão de Aquiles do pé esquerdo do Imperador. De acordo com o diretor médico do Colorado, Paulo Rabelo, o veto foi motivado tão somente pelo aspecto físico.

adriano imperador

Nas palavras do clube gaúcho, o antigo camisa 10 do Flamengo apresenta uma defasagem física que inviabilizaria um contrato de apenas seis meses. “Devido ao longo tempo parado e as duas cirurgias que ele fez no tornozelo, fisiologicamente há defasagem muito grande. Concluímos que ele precisaria de um tempo muito grande para jogar e o contrato era curto. O Adriano não está inviabilizado para o futebol, foi uma questão do clube com relação ao tempo”, disse Rabelo à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre.

Adriano foi submetido aos exames médicos e testes físicos no Rio de Janeiro, na segunda-feira, com a presença do diretor médico do Inter e também o fisiologista do clube, Luís Crescente. À tarde, com os resultados e o conceito formado a dupla deu seu parecer aos cartolas.

O diretor de futebol Luís César Souto de Moura foi o responsável por informar a desistência do negócio. Em Porto Alegre, Dunga foi comunicado por outro cartola, no vestiário do CT do Parque Gigante. Adriano e Inter namoraram por duas semanas. Sem clube desde novembro do ano passado, ele aceitou um contrato com cláusulas de produtividade e vencimento em dezembro. Também concordou com um salário inferior aos R$ 100 mil e apostava na dupla Dunga e Paulo Paixão para voltar a atuar em alto nível.


Atlético trabalha para superar lesões, pressão em Rosário e catimba argentina

Previous article

Primeira-ministra da Austrália perde votação interna do partido e deve deixar o cargo

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Esportes