MundoNotícias

Empresas espanholas buscam no Brasil novas oportunidades de investimento

0

_espanha bandeira

Um total de 23 companhias espanholas iniciaram na terça-feira, em Porto Alegre, um encontro empresarial com o objetivo de identificar oportunidades de investimento e encontrar novos parceiros locais para desenvolver seus projetos.

Além de explorar as oportunidades que ambos países oferecem, o Encontro Empresarial Espanha-Brasil, organizado pela agência espanhola de exportações e investimentos ICEX, pretende ser um fórum no qual as companhias podem encontrar alianças estratégicas em terceiros países, segundo seus organizadores.

“Cada vez acreditamos mais que a relação econômica é bilateral. Inclusive queremos fazer negócios conjuntos (Brasil-Espanha) em terceiros países”, disse à Agência Efe Fernando Salazar Palma, conselheiro comercial da Embaixada da Espanha em Brasília.

Salazar citou como exemplo de cooperação entre empresas brasileiras e espanholas a construção do gasoduto do Peru e o metrô do Panamá.

O encontro começou na terça-feira com um seminário prévio no qual foi detalhado às companhias o contexto econômico e legal do gigante latino-americano.

Na quarta-feira foi inaugurado formalmente o evento, realizando três mesas setoriais: “Energias Renováveis no Rio Grande do Sul”, “Espanha: Porta de Entrada na Europa para as Empresas Brasileiras” e “Oportunidades e Entorno de Investimento no Rio Grande do Sul”.

O Rio Grande do Sul conta com uma renda per capita superior a US$ 14 mil e tem o quarto maior PIB em termos absolutos do Brasil, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O evento terminará hoje, quinta-feira, com uma roda de negócios na qual se prevê que 11 das 23 empresas participantes realizem reuniões individuais com representantes de companhias brasileiras.

De acordo com o conselheiro comercial da Embaixada da Espanha, estão previstas entre 80 e 100 reuniões.

No encontro participam empresas como Acciona, o banco Santander Brasil, Iberdrola, metrô de Madri, a consultoria de direito J&A Garrigues e a Companhia Espanhola de Financiamento de Desenvolvimento (Cofides), entre outras.

O Brasil foi em 2013 o primeiro mercado de exportação para a Espanha na região ibero-americana, com um crescimento de 28,9%, enquanto em termos de investimento, o mercado brasileiro é o segundo destino mundial com um inventário avaliado em 54,4 bilhões de euros.


Papa e líderes religiosos prometem combater escravidão moderna

Previous article

Brasil fica quase na lanterna do crescimento mundial

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo