EsportesNotícias

Indignação de zagueiro do Atlético-MG fez árbitro voltar atrás em expulsão

0

leonardo silva

O árbitro da partida deste domingo entre Figueirense e Atlético-MG, Marcelo Aparecido de Souza, admitiu que as reclamações de Leonardo Silva, zagueiro atleticano, foram decisivas para que ele retirasse o cartão vermelho que deu ao próprio atleta na partida em Florianópolis.

Em entrevista ao canal de TV por assinatura SporTV nesta segunda-feira, Marcelo afirmou que os arguemtnos do jogador não decidiram, mas influenciaram sua tomada de decisão. Apesar disso, o árbitro assegurou que a expulsão só foi retirada por conta da interferência do auxiliar.

“Vou ser honesto com você: (a reclamação de Leonardo Silva) me ajudou. Quando mostro o cartão para ele, eu vejo nos olhos dele a indignação: ‘Marcelo, foi barriga, foi barriga. Você não pode fazer isso’. Ai me deu aquele… Com a informação do meu colega, eu fui até ele (auxiliar) e ele confirmou. Tivemos uma conversa isoladamente. É um trabalho em equipe, ele estava até mais calmo”, contou Marcelo.

No lance, Leonardo Silva seria expulso por supostamente tocar a bola com a mão. “Dali em diante, foi tudo bem, graças a Deus”, contou o juiz do jogo. “O que tenho a dizer é que a decisão final foi certa. O mais importante de tudo é o acerto.” Leonardo Silva seria expulso por interceptar com a mão um cruzamento no primeiro tempo. Como repensou a decisão, Marcelo Aparecido de Souza não relatou o lance na súmula. O jogo terminou com vitória do Atlético-MG por 1 a 0.


Mano não se ilude com triunfo sobre SP e rechaça presença do Cruzeiro no G4

Previous article

Papa diz que Igreja precisa evitar obsessão por dinheiro e poder

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Esportes