Francisco SampaNotícias

Francisco Sampa: Brasileiro não gosta e tem medo de saber a verdade…

0

francisco_sampaEu explico. Vamos  voltar  no tempo em alguns anos  com início em 1998, precisamente  no  mês de julho, um domingo  à tarde,  na cidade  de Newark  no estado de New Jersey, um grupo de patriotas, dentre eles este escriba, os músicos do Brazilian Energy, os empresários Farid Saleh do Boi na Brasa, os Moreiras  brothers do Casa  Nova e Altas Horas, Belinha e o filho  Wesley, Alzira e o DJ Erv Master,  este grupo com apoio  incondicional e irrestrito do vereador  lusitano  Augusto Amador, conseguiu por meios legais  fechar a Adams Street  no famoso Mall,  lugar que um dia já foi o “mal da Adams”. Pois  bem, tudo  pronto,  Brasil e França no jogo final, era o tão sonhado Penta 4 anos após o Tetra  nas terras do Uncle  Sam. No final, o negão Thierry  Henry, que já  foi  do  N.Y Red Bull  acabou com a festa do Mall  da  Adams, Zidane e sua cabeçada e a Canarinho saiu de campo derrotada e a galera em prantos nas ruas  de  Newark e do Brasil afora… Pois logo após  esse  Black Sunday  de um final de Copa nas terras de  mes amis  franceses, concedi uma entrevista para o site de futebol  La Cancha, baseado em  informações de uma fonte seguríssima, a gritaria foi geral: esse Sampa é doido,  ô negão  bocudo, Edmundo   botou a  boca no trombone, Romário  também,  mas o pior cego é aquele que não quer ou recusa-se a enxergar a verdade.

Dezessete anos já se passaram e o novelo começa a ser desenrolado com a prisão dos corruptos da CBF e de outros come bola da vida, a pergunta com licença de Drummond é: E agora José… Marin? O ladrão de medalhas, dois bons títulos para as minhas próximas crônicas me aguardem rs…rs..rs. O pior de tudo isso é que  a CPI  que teve  no Brasil engavetou tudo e um juiz federal procedeu  na sentença,  vamos ao Hexa e o Hexa  não veio, o  país foi estuprado, roubado e todo  mundo caladooooo, me faz lembrar aquele personagem do Chico  Anísio  cujo bordão era  calaaaaaaaaada,  e assim ficou a nação brasileira …foi  preciso o FBI e o Departamento  de Justiça   dos EUA fazer alguma coisa para a ponta do iceberg da corrupção do futebol brasileiro vir à tona, algo  como merda seca  no canto do muro, por fora tudo seco, por dentro  mole  e fedorenta,  assim é a corrupção  no Brasil, CBF, Petrobras, Ministérios, Casa  Civil, remember Zé Dirceu, Irenice Guerra… a lista é vasta. Para recordar tem o caso daquela empresa de mudanças de Massachusetts que tinha o nome de Deus: Adonai, lembram que pintou, roubou e o povo se calou. Quando toquei na ferida a galera de novo: ô negão bocudo, todos já sabem no que deu, milhares de lesados em todo os EUA, o povo brasileiro tem que fazer uma reflexão:  “Até quando seguiremos com a Síndrome de Vira Latas”, como escreveu Nelson Rodrigues em julho de 1950, outro pernambucano tão malcriado quanto este que vos escreve? E amigos, até quando seguiremos com medo de dizer e saber a verdade? Um feliz Ano Novo a todos, com menos medo e menos covardia. Um grande sampraço.


Léa Campos: Adeus 2015

Previous article

Fato Policial by Roger Costa . 31/12/2015

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *