MundoNotícias

Agora é possível pagar para clonar o seu cão na Coreia do Sul

2

clonagem cachorros coreia

O laboratório Sooam Biotech Research Foundation na Coreia do Sul é qualquer coisa de extraordinário, especialmente para pessoas que amam os seus cães.

O laboratório, como relata Business Insider, usa a mesma técnica que foi usada para clonar a ovelha Dolly em 1996 para criar réplicas perfeitas em DNA de animais de estimação das pessoas.

Para algumas pessoas, aparentemente, US $ 100.000 é um pequeno preço a pagar por mais alguns anos, com o seu melhor amigo. O processo funciona através da utilização de algumas células do animal de estimação, reprogramando-as para parar de crescer.

Os cientistas, em seguida, aspiram o núcleo (o centro de controlo da célula que contém o DNA) de uma destas células dormentes e injetam-no no interior do óvulo do outro cão cujo núcleo fora previamente removido.

A célula do óvulo é então destruída com eletricidade que aciona a formação de uma nova célula que pode dividir-se e desenvolver-se. Essencialmente este processo reinicia as células num embrião que contém o DNA do cão que será clonado.

Esta célula é então implantada em uma cadela de aluguel e, se tudo correr bem, dentro de alguns meses ela vai dar à luz um clone do seu amado animal de estimação. É claro, o animal não será idêntico – pense nisso mais como um gêmeo idêntico ao invés de um clone sci-fi.

“O cão não vai ser 100 por cento o mesmo – os pontos em um clone dálmata serão diferentes, por exemplo – mas para as raças sem essas características vai ser muito difícil distingui-los”, disse o biólogo Insung Hwang ao The Guardian no ano passado.

Desde que o laboratório começou a fazer este processo em 2006, já clonou mais de 400 cães, relata a revista Nature, e agora, aparentemente, está clonando cerca de 15 filhotes por mês. Ainda assim a controvérsia em torno deste procedimento não escasseia.

Ainda assim, para algumas pessoas, a facilidade do procedimento ajuda a aliviar a perda de um animal de estimação favorito. O que acha de agora vivermos em um mundo onde podemos clonar nossos cães de estimação?


Uruguaio vive “montanha-russa”, mas segue com respaldo no Cruzeiro

Previous article

Nova Zelândia pede a alpinistas que usem penicos para não sujar montanha

Next article

You may also like

2 Comments

  1. entrarei em contato com sooambiotech breve pois vou clonar lupan minha cadela amiga falecida em setembro 2015. Colocaremos a fe e a ciencia logo teremos ela de volta.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo