ComunidadeNotícias

Após mortes de crianças, Ikea faz recall de 36 milhões de cômodas em EUA e Canadá

0

ikeaA gigante de móveis sueca Ikea anunciou na terça-feira (28) a retirada, nos Estados Unidos e no Canadá, de cerca de 36 milhões de cômodas da linha Malm, após a morte de várias crianças, esmagadas por cômodas que desabaram.

Cerca de 29 milhões de cômodas voltarão aos depósitos da Ikea nos Estados Unidos e 6,6 milhões no Canadá, segundo os números anunciados pela direção do grupo nos dois países.

“A Ikea Estados Unidos e a Ikea Canadá lançarão hoje uma retirada local de cômodas exclusivamente na América do Norte”, disse o porta-voz do grupo Ikea, Kajsa Johansson, à AFP. Em março, a Ikea foi informada sobre a morte de uma criança, que se somou a outras cinco entre 1989 e 2014, todas ocorridas nos Estados Unidos.

Nos últimos dois anos, mais três crianças morreram nos Estados Unidos, e outras 17 – com idades entre 19 meses e 10 anos – ficaram feridas em 41 acidentes com as cômodas, segundo a Comissão de Segurança de Produtos do Consumidor (CPSC), que lançou uma advertência. “Nenhuma dessas cômodas estava presa à parede, segundo as informações que temos”, ao contrário do que indica o manual de montagem, disse o porta-voz.

A filial americana da Ikea pediu aos usuários “que parem de utilizar imediatamente” as cômodas que não tenham sido fixadas à parede. As cômodas medem 60 cm de altura, no modelo para crianças, e 75 cm de altura no modelo para adultos.

No verão de 2015, a Ikea lançou nos Estados Unidos e no Canadá uma campanha para que os consumidores dessas cômodas do modelo Malm as prendessem na parede. Segundo o presidente da Ikea Estados Unidos, Lars Peterson, o aviso não foi suficiente. A companhia disse ter vendido mais de 147 milhões de cômodas no mundo nos últimos 13 anos, mais da metade (78 milhões) da Malm.


Polícia procura mulher roubando vestindo biquíni na Califórnia

Previous article

Assim ficam abrigados os imigrantes nos centros de detenção do Arizona

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade