MundoNotícias

Médico russo mata, desmembra e cozinha mulher por ela ser transexual

0

Um crime bárbaro chocou os moradores da cidade de Kursk, Rússia. O médico Mikhail Tiknov, 27 anos, matou, desmembrou e cozinhou parte do corpo de Nina Surgutskaya, 25, após descobrir, na hora do sexo, que ela era transexual. Segundo informações da polícia, os dois saíram à noite e, logo depois, foram para o apartamento dele.

Durante o atual sexual, ele percebeu que Nina tinha feito uma cirurgia de mudança de sexo. Neste momento, ele começou a estrangular a jovem. Para encobrir o crime, desmembrou o corpo, segundo depoimento à polícia revelado pelo Daily Mail. O assassino deu descarga em algumas partes e levou outras ao forno para tirar o excesso de líquido.


Cruzeiro atrasa salários do administrativo, mas trabalha para pagar vencimentos nesta semana

Previous article

Rede de supermercados sueca boicota produtos brasileiros por causa de excesso de agrotóxicos

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo