DestaquesNotíciasUSA

Casa Branca ameaça vetar projeto democrático de imigração

0

A Casa Branca ameaçou na segunda-feira vetar um projeto de lei de US $ 4.500 milhões, elaborado pelos democratas destinados a melhorar o tratamento de famílias migrantes detidas depois de cruzar a fronteira sul do país, dizendo que o movimento é “projetado para paralisar” os esforços do governo para reforçar a segurança das fronteiras.

Ele fez sua advertência quando líderes hispânicos e democratas pressionaram os líderes da Câmara para acrescentar cláusulas ao projeto de lei que fortalece as proteções às crianças migrantes, muitas das quais foram detidas pelas autoridades em condições adversas. Apesar disso, a ameaça de veto gerou novas questões sobre o destino do projeto. O Senado planeja votar esta semana em uma iniciativa que tem apoio bipartidário, mas muitos democratas na câmara baixa dizem que as cláusulas na versão do Senado destinadas a ajudar as crianças migrantes não são fortes o suficiente.

“Neste momento, o objetivo é realmente acabar (as mortes) uma morte já é demais”, disse o deputado Adriano Espaillat. Na semana passada, John Sander, diretor de operações do Escritório de Alfândega e Proteção de Fronteiras, disse à Associated Press que crianças morreram depois de serem tratadas na agência. Ele disse que as estações da Patrulha da Fronteira estão mantendo 15 mil pessoas, mais do que o triplo de sua capacidade máxima que é de 4 mil. Os congressistas planejam deixar Washington em poucos dias para uma pausa de uma semana em 4 de julho.

Embora os legisladores não queiram deixar sem agir em torno da lei por medo de ser acusado de não responder aos problemas humanitários na fronteira, parece improvável que o Congresso tenha tempo para enviar uma solução negociada final do Senado e da Câmara dos Representantes para Trump até o final da semana. Em uma carta aos legisladores em que eles ameaçavam um veto, autoridades da Casa Branca objetaram que o pacote da Câmara dos Deputados carecia de dinheiro para que o Serviço de Imigração e Alfândega possa deter mais imigrantes. Ele também reclamou que o projeto carecia de recursos para fortalecer a segurança nas fronteiras, incluindo a construção do muro que Trump prometeu construir.


Agenda Cultural 27/6/19, by Roger Costa

Previous article

Rádio Brazilian Press: Feita por brasileiros para brasileiros

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques