Léa CamposNotícias

Léa Campos: A Briga pelo Título

0

No campeonato de futebol feminino de 2019, o América eliminou o Atlético e espera o Cruzeiro para decidir o título. Enquanto isso o Cruzeiro se garantia ao vencer o Ipatinga por 8 x 0. O Coelho é tricampeão e tenta conquistar o 4º campeonato feminino mineiro.

O América  tem um time que vem jogando e se impondo frente aos demais concorrentes. Este ano o Cruzeiro resolveu investir no feminino e jogará contra o coelho tentando seu primeiro título. Está bem organizado, bem treinado e ótimas atletas, com vontade de  ganhar o título, o que de certa forma lavaria um pouco a alma cruzeirense depois de tanta decepção com o time dos “craques” (?) que não pensam no clube, não amam a camisa e não estão nem aí para o que está ocorrendo.

Comemoram derrota com festas em casa de jogador, onde alguns companheiros participaram. Um técnico sem muita opção, um time sem jogadores comprometidos com o respeito pelo clube, pelos torcedores, ganham muito para não fazer nada, uma vergonha total. Enquanto isso o vôlei (masculino) e o futebol feminino lutam pela camisa honrando o clube e nos dando alegria.

Deveriam fazer um time com volistas e com as meninas vestir a camisa dos jogadores profissionais e colocar em campo. O resultado certamente seria positivo. Sem amor não há vitória, sem luta não há vencedores. Parabéns aos meninos do vôlei e as meninas pelo respeito. Se não houver seriedade, nunca seremos o mesmo time da era de Felício Brandi e Furletti. Naquela época o importante era vencer e ganhar títulos, hoje o que importa aos jogadores é fazer do clube um trampolim para outras equipes. O 10 do cruzeiro está sendo vendido e não quer se expor e machucar, não tem moral para continuar no time celeste. Se querem sair que saiam, mas não afundam o time que está dando o pão de seus filhos.


Social Press . 28/11/2019

Previous article

Demanding Power to the People at African Diaspora Film Festival

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Léa Campos