EsportesNotícias

Perto de marca pelo Palmeiras, Dudu lamenta não enfrentar o Corinthians na Libertadores

0

A um jogo de completar a sua 300ª partida pelo Palmeiras, Dudu foi o escolhido para dar entrevista coletiva nesta terça-feira, na Academia de Futebol. Além de responder sobre sua trajetória pelo clube, iniciada em 2015, o atacante lamentou também a eliminação do Corinthians na Libertadores.

A queda dos alvinegros impossibilita um encontro entre os rivais na fase de grupos da competição sul-americana. Garantido no Grupo B da Libertadores, o Palmeiras agora aguarda o confronto entre Palestino, do Chile, e Guaraní, do Paraguai, para conhecer seu último adversário da chave, que tem também o Tigre, da Argentina, e o Bolívar, da Bolívia.

– Falei isso nos Estados Unidos que seria legal para a competição (ter um Dérbi na Libertadores), para o Estado, ia ficar mais charmosa ainda a competição se o Corinthians tivesse entrado. Esperava que eles se classificassem. Vai ser bom se o Inter se classificar para a chave do Grêmio – disse Dudu, em entrevista coletiva. – Seria bem legal, infelizmente eles não se classificaram, mas a gente vai ter oportunidade de enfrentá-los no Campeonato Paulista – completou o atacante, lembrando do Dérbi do dia 22 de março, em Itaquera, pela penúltima rodada da competição estadual.

A vitória por 2 a 1 do Corinthians sobre o Guaraní, na semana passada, garantiu os paraguaios na próxima fase da competição. Após o jogo em Itaquera, Dudu fez uma publicação em uma rede social com risadas, sem fazer referência direta ao adversário. No histórico do Dérbi considerando apenas a Libertadores, o Palmeiras levou a melhor sobre o Corinthians nas edições de 1999 e 2000, quando eliminou o rival alvinegro nas cobranças de pênaltis nas quartas de final e na semifinal, respectivamente. No Paulistão, o Palmeiras se prepara para enfrentar o Guarani de Campinas nesta quinta-feira, na arena. Depois de cumprir suspensão automática, Dudu está novamente à disposição de Vanderlei Luxemburgo para o jogo que pode ser a 300ª partida do atacante pelo clube.

– Espero completar os 300 jogos (risos). Eu me considero um jogador importante, de 2015 para cá, na história do Palmeiras e na minha história também. O Palmeiras me ajudou muito, meus companheiros que jogaram comigo. Espero que ainda possa ficar alguns anos aqui, tenho contrato longo. Todos falam que a partir da minha contratação a história do Palmeiras começou a ser bonita. Mas eu que agradeço, espero cumprir meu contrato até o final e ter mais conquistas – afirmou.

– É bem difícil (ficar cinco anos). Muitos jogadores saem. O último jogador que completou 300 jogos foi 15 anos atrás. É muito raro, e eu vou ter oportunidade de completar na quinta-feira, se o Luxemburgo me escalar. Espero que sim, estou muito feliz por completar essa marca. Tenho contrato longo e espero completar 400, 500. Aí se o Palmeiras quiser renovar, vai para 600 – acrescentou. O Palmeiras está na vice-liderança do Grupo B do Paulistão com 13 pontos, dois atrás do Santo André. A chave é completada por Novorizontino, com 10 pontos, e Botafogo, com dois pontos. A estreia do Palmeiras na Libertadores será no dia 4 de março, contra o Tigre, na Argentina.


Trump está enviando agentes de elite para cidades santuário para perseguir imigrantes indocumentos

Previous article

Mudou! Federação Mineira altera horário do clássico entre Atlético-MG x Cruzeiro pelo Mineiro

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Esportes