MundoNotícias

Síndrome grave relacionada ao coronavírus pode estar surgindo em crianças, alertam médicos britânicos

0

Os médicos do NHS, o sistema público de saúde do Reino Unido, receberam alerta urgente sobre o aumento de crianças admitidas em unidades de terapia intensiva com uma condição relacionada ao novo coronavírus, informa o jornal britânico “The Sun”. Cresceu nas últimas semanas o número de casos de jovens que sofrem de uma “síndrome inflamatória” não identificada.

A Sociedade de Cuidados Intensivos Pediátricos, com sede em Londres, diz que a condição foi relatada em todo o Reino Unido e requer cuidados intensivos. A entidade explica que a síndrome tem as características de Covid-19 grave, além de abdominal e sintomas gastrointestinais, como vômitos e diarreia, que também foram observados pelos médicos.

Os casos, de acordo com a reportagem do “The Sun”, têm características da síndrome do choque tóxico e da doença de Kawasaki atípica, uma doença inflamatória que ataca os vasos sanguíneos e o coração. Elas podem causar perigosa inflamação interna, febre e problemas respiratórios – que também são os principais sintomas do coronavírus.

Mas, como parece ser uma condição completamente nova, os sinais de alerta exatos não são claros. Os casos só começaram a surgir nas últimas três semanas, quando o país atingiu o pico de sua epidemia de Covid-19, segundo o comunicado da entidade.

“Há uma preocupação crescente de que uma síndrome inflamatória relacionada à Covid-19 esteja surgindo em crianças no Reino Unido”, diz o alerta: “Nas últimas três semanas, houve um aparente aumento no número de crianças de todas as idades apresentando um estado inflamatório multissistêmico que requer cuidados intensivos, em Londres e também em outras regiões do Reino Unido”.

Até agora, ainda de acordo com o “The Sun”, o número de crianças afetadas é pequeno e principalmente em Londres, mas os pediatras estão preocupados. O alerta do Pics diz: “Por favor, indique as crianças que apresentam esses sintomas com urgência”. No entanto, o NHS Inglaterra afirmou que não há ligação confirmada entre as doenças do tipo Covid-19 e Kawasaki.

O professor Simon Kenny, diretor clínico nacional do NHS para crianças e jovens, disse: “Felizmente, doenças do tipo Kawasaki são muito raras, pois são complicações graves em crianças relacionadas à Covid-19. Mas é importante que os médicos tomem conhecimento de possíveis ligações emergentes, para que possam dar rapidamente às crianças e aos jovens o tratamento correto”.


Macy’s, JC Penney: Lojas tradicionais à beira do abismo financeiro

Previous article

Falsa cura para coronavírus mata mais de 700 pessoas no Irã

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo