ComunidadeDestaquesNotícias

EUA: Ação coletiva na Justiça tenta reverter decisão de Trump para expulsar alunos estrangeiros

0

Um decreto do presidente Donald Trump, que determina que alunos estrangeiros de cursos que estão sendo ministrados virtualmente perderão o visto para ficar nos EUA, foi desafiado na Justiça por 17 estados e pelo Distrito de Columbia, onde fica a capital do país, de acordo com o jornal “The New York Times”.

A regra forçaria muitos estudantes a voltar para seus países de origem no meio de uma pandemia, e a capacidade para estudar seria gravemente comprometida, de acordo com o processo. O processo foi protocolado em um corte da cidade de Boston. A parte que entrou com a ação representa uma região com 1.124 faculdades ou universidades. Somadas, elas têm 373 mil alunos estrangeiros, que pagam cerca de US$ 14 bilhões (R$ 74,9 bilhões) ao ano, segundo um documento do litígio.

Campus da Universidade Harvard, nos EUA, em foto de 10 de março — Foto: Brian Snyder/Arquivo/Reuters

Para muitos analistas, Trump decretou essa norma para forçar as universidades a voltar com as aulas presenciais –uma parcela das universidades afirmou que seguirá com as aulas virtuais. Algumas universidades têm planos para oferecer um programa que combina aulas presenciais e por conferência virtual. Não foi o primeiro processo que foi protocolado na Justiça. O estado da Califórnia já tinha feito isso, assim como universidades como Harvard e o Massachusetts Institute of Technology.


Jovem morre nos EUA após contrair coronavírus em ‘Festa da Covid’

Previous article

Covid-19: Rússia confirma sucesso em testes com vacina e planeja distribuição em agosto

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade