MundoNotícias

Ilha do Caribe oferece visto de trabalho para quem faz home office

0

O Barbados Welcome Stamp é um tipo de visto recém-criado que permite que visitantes estrangeiros passem um ano fazendo seu home office na ilha. Palmeiras, sol e céu azul podem parecer o paraíso para a maioria, mas mesmo esse lugar incrível tem seus prós e contras, especialmente durante a pandemia. O que se pode esperar de uma oferta assim?

1. Quem pode ir?
O visto em Barbados está aberto a inscrições de pessoas do mundo todo, com custo de US$ 2 mil por pessoa ou US$ 3 mil por família. É preciso ter renda anual comprovada de US$ 50 mil e seguro de saúde. O governo também se reserva o direito de vetar pessoas por razões de segurança nacional.

2. Clima espetacular
“Nós temos um clima quase idílico”, disse recentemente a premiê de Barbados, Mia Amor Mottley.

Isso é verdade se você gosta de calor. Os dias são ensolarados quase que o ano inteiro. A temperatura média é de 27 graus.

3. Saúde
Barbados se orgulha de seu sistema de saúde robusto. O Hospital Queen Elizabeth, conhecido como QE, é o principal da ilha. Também há policlínicas, postos de saúde e clínicas privadas.

A ilha pede que as pessoas já venham com seu plano de saúde para ter acesso a esses serviços. Se visitantes não tiverem seus planos, há seguradoras locais que atendem estrangeiros.

Há centros de isolamento e quarentena pela ilha, onde pessoas que chegam ao país com sintomas de covid-19 são tratadas.

4. Acomodações
A ilha tem 33 km de comprimento e 22 km de largura, com população de 287 mil pessoas. Os barbadianos, também conhecidos como bajans, vivem por toda a ilha, mas a capital, Bridgetown, é a zona mais populosa.

De acordo com o site Expatistan, uma casa para duas pessoas em Barbados (com 85 metros quadrados) oscila entre R$ 3,4 mil a R$ 9,7 mil por mês.

5. Atividades
Há muito o que se fazer nas praias, como surfe, mergulho e passeios de jet-ski, por exemplo. E há vários tours pelas destilarias de rum.

As lojas estão reabertas desde meados de junho, mas as pessoas devem usar máscaras e praticar distanciamento social de 1 metro.

6. Escolas
O governo também está disposto a acomodar crianças e adolescentes de até 18 anos em seu sistema escolar. Mas isso tem um preço extra.

Pelas regras do novo visto, se uma criança tiver aulas nas escolas da ilha, os pais devem aplicar para um visto de estudante, com custo de quase R$ 800.

7. Custo de vida diário
Barbados tem internet rápida com velocidade média superior à do Reino Unido. Mas o preço também costuma ser mais alto.

O custo de comida também pode ser alto, já que grande parte dos alimentos da ilha são importados. Mas Barbados costuma ser mais barato que diversos destinos europeus em serviços como eletricidade e água.

8. Animais tropicais
Este é uma das maiores desvantagens de Barbados: há muitos animais como centopeias e lagartos. Mosquitos estão por toda a parte. O governo usa pesticidas para tentar matá-los, mas a maioria dos turistas precisa constantemente usar repelente.

9. Um item proibido
Para a surpresa da maioria dos turistas, é proibido usar roupas camufladas em Barbados. Esse item de vestuário é reservado apenas para soldados de Barbados. Quem usa roupas camufladas pode até ser preso.


Espião chinês recrutava informantes americanos no LinkedIn

Previous article

Novos alunos estrangeiros terão entrada negada nos EUA para cursos online

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Mundo