DestaquesNotíciasUSA

Covid-19: CDC volta atrás e nega que coronavírus “viaja pelo ar a uma distância de 2 metros”

0

Depois de publicar um alerta sobre a possibilidade da covid-19 se espalhar por meio de partículas suspensas no ar, capazes de viajar quase dois metros, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos retificou o anúncio e disse que a recomendação “foi postada por engano no site oficial da agência”.

De acordo com a antiga publicação, o vírus poderia permanecer em partículas do ar e aumentar a propagação da doença em ambientes como restaurantes e aulas de ginásticas. Essas partículas seriam diferentes das gotículas respiratórias produzidas pela tosse, fala ou espirro. Agora, a página do CDC informa apenas que a covid-19 se espalha entre pessoas que têm contato próximo e também por meio de gotículas respiratórias. De acordo com o órgão, a informação equivocada foi publicada durante processo de atualização do site.

O CDC também passou a informar sobre novas medidas de prevenção, que incluem o uso de purificadores para reduzir germes transportados pelo ar, além de atualizar conteúdos. De acordo com informações da CNN, funcionários de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, nomeados pelo presidente Donald Trump, vem pressionando o CDC para uma mudança de linguagem dos relatórios científicos semanais. Assim, o conteúdo não teria impacto negativo na mensagem política de Trump. Na semana passada, entretanto, o diretor do CDC, Dr. Robert Redfield, declarou que “em nenhum momento a integridade científica” dos relatórios foi comprometida.


Mulher suspeita de enviar carta com veneno à Donald Trump é presa nos EUA

Previous article

Número de mortes por Covid-19 nos EUA chega a 200 mil, diz universidade

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques