DestaquesNotíciasUSA

Pedidos semanais de seguro-desemprego nos EUA sobem e sugerem dificuldades em retomada

0

Os pedidos iniciais de seguro desemprego voltaram a subir nos Estados Unidos na semana passada, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (19). Foram 742 mil pedidos feitos na semana encerrada em 14 de novembro, 31 mil a mais que o nível revisado de 711 mil registrados na semana anterior. Os dados são do Departamento do Trabalho.

A nova alta vem após quatro quedas seguidas, e sugere que o mercado de trabalho tem encontrado dificuldades para se recuperar em meio ao crescimento de casos de coronavírus no país.

Pedidos de seguro-desemprego nos EUA — Foto: Economia G1

Nos Estados Unidos, na semana encerrada em 14 de novembro, os pedidos iniciais de auxílio-desemprego, ajustados sazonalmente, ficaram em 742 mil, alta em 31 mil na relação com o nível revisado da semana anterior. Na semana anterior, o nível havia subido em 2 mil, de 709 mil para 711 mil. Com isso, a média móvel de quatro semanas foi de 742 mil, queda em 13.750 em relação à média revisada da semana anterior, quando a revisão foi de 500 pedidos de 755.250 para 755.750.

O avanço da taxa de desemprego, que é medida pelos pedidos do benefício e ajustada sazonalmente, foi de 4,3% para a semana encerrada em 07 de novembro, queda em 0,3 ponto percentual em relação à taxa não revisada da semana anterior. O número de solicitações para o auxílio, ajustado sazonalmente, durante a semana encerrada em 07 de novembro somava 6.372 milhões, uma queda de 429 mil em relação ao nível revisado da semana anterior. Todos os dados são do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos.


Nova lei em New Jersey criminaliza divulgação de endereço e telefone de juízes, promotores e agentes de segurança

Previous article

Social Press . 20/11/2020

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques