BrasilNotícias

Brasil e mais 112 países têm vedada a entrada de cães nos EUA

0

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) anunciou, na semana passada, que cães do Brasil e outros 112 países não poderão entrar no país.

A medida foi tomada com o objetivo de controlar o número de cães infectados que chegam ao país, por causa do aumento do número de animais doentes desde 2019. Segundo o CDC, muitos animais desembarcam com certificados falsos de proteção contra a zoonose.

Quando constatado que o cão está infectado, ele fica isolado até que possa ser devolvido ao seu país de origem, o que pode demorar com a diminuição no número de voos durante a pandemia do novo coronavírus.

Segundo o anúncio, a estimativa do Centro é de que 6% dos cães que chegam aos Estados Unidos vêm de países com alto risco de raiva canina. O órgão afirmou que pode haver exceções, analisadas individualmente e sem direito a recurso.

Além disso, a Covid-19 fez com que muitos países suspendessem os programas de imunização canina. “Dado ao impacto que a Covid-19 teve nesses programas de vacinação em todo o mundo, não temos certeza de como será o nosso panorama da raiva no futuro”, afirmou o responsável pela área.

A raiva é transmitida para o ser humano por meio da saliva de animais que estejam infectados com o vírus. Se um animal, cães, gatos e morcegos, estiver infectado com a raiva e morder, lamber ou arranhar um indivíduo, ele pode acabar por desenvolver a doença, que pode ser fatal se não tratada a tempo.


John McAfee criador do antivírus é encontrado morto em prisão na Espanha

Previous article

IRS lança um alerta aos pais sobre golpistas do crédito tributário das crianças

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil