ComunidadeDestaquesNotícias

Quase 2 milhões de imigrantes foram detidos na fronteira com o México em 2021

0

Quase 2 milhões de imigrantes que entraram ilegalmente nos Estados Unidos pela fronteira com o México no ano fiscal de 2021 foram detidos, segundo estatísticas oficiais do U.S. Customs and Border Protection divulgadas na segunda-feira, 24.

O número é recorde para os últimos anos – 1,956,519. 178.840 mil imigrantes foram presos somente em dezembro, diz o CBP. Desses, 23% envolveram indivíduos que tiveram pelo menos um encontro anterior nos 12 meses anteriores, ou seja, já tinham tentado a entrada ilegal antes.

78.589 encontros, 44% do total, foram processados para expulsão sob o Título 42 – medida sanitária pela covid-19 na qual imigrantes não tem direito ao pedido de asilo e são devolvidos ao México. As chegadas de imigrantes aos EUA diminuíram acentuadamente durante a fase inicial da pandemia de COVID-19. No entanto, começou a aumentar no final de 2020 e aumentou mais ainda desde que o presidente Joe Biden assumiu o cargo em janeiro de 2021.

Sua chegada à Casa Branca, com a promessa de uma abordagem mais humana em relação aos migrantes, levou a um aumento nos fluxos de estrangeiros indocumentados fugindo da pobreza. O Partido Republicano rapidamente acusou o presidente democrata e sua vice-presidente Kamala Harris de terem criado uma “crise humanitária histórica”. “Em sua vigilância, os cartéis e contrabandistas estão prosperando, as autoridades de fronteira estão sobrecarregadas, nossas comunidades estão menos seguras”, disse a presidente do Comitê Nacional Republicano, Ronna McDaniel, em comunicado publicado pela AFP.

O clima de verão extremamente quente geralmente faz com que o número de migrantes que tentam cruzar a fronteira diminua, mas o Departamento de Segurança Interna dos EUA disse que um número “sem precedentes” de migrantes, cerca de 200.000, foi interceptado ilegalmente cruzando a fronteira EUA-México só em julho de 2021. Seus esforços para revisar o sistema de migração pararam no Congresso, e espera-se que a questão seja uma questão importante nas eleições de meio de mandato em novembro de 2022.


Faleceu na Virgínia, aos 74 anos, o escritor Olavo de Carvalho, “guru” do presidente Bolsonaro

Previous article

Making Amends with the Past and Getting Ready Into the Future

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade