BrasilDestaquesNotícias

Extradição do ativista brasileiro Allan dos Santos depende exclusivamente dos EUA

0

A extradição do ativista bolsonarista Allan dos Santos para o Brasil, como deseja o Supremo Tribunal Federal (STF), depende exclusivamente dos Estados Unidos. A inclusão do nome dele na lista vermelha da Interpol ajudaria caso Allan dos Santos deixasse os Estados Unidos para um terceiro país, o que não há indicação de que vá acontecer.

Assim, a barreira que o STF encontra para levar a cabo a sua decisão é a própria lei dos EUA. Uma interpretação de que Alan dos Santos teria apenas, à luz da lei americana, dado sua opinião, e não feito uma ameaça, como suspeita Alexandre de Moraes, dificulta a movimentação do governo americano para prender Allan dos Santos.

Allan dos Santos, escondido nos EUA, abre nova conta ilegal no Instagram - Hora do Povo

Enquanto isso, o ativista bolsonarista continua atuando por lá, usando a internet para propagar conteúdo falso e violento e até participando de evento com ministro de Bolsonaro. No início de janeiro deste ano, Allan dos Santos e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, participaram de um evento da igreja evangélica Lagoinha, em Orlando. Os dois dividiram o palco em um painel que buscava mostrar porque fieis da igreja não poderiam ser de esquerda. // Metrópoles.


Câmara dos EUA aprova lei contra discriminação capilar

Previous article

Funcionários da DHS denunciam “condições degradantes” em presídio de imigrantes no Novo México

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Brasil