ComunidadeDestaquesNotícias

ICE está acessando os dados pessoais de quem solicita a carteira de motorista

0

O Serviço de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, conhecido por sua sigla em inglês como ICE, estaria acessando os dados de pessoas que solicitam carteiras de motorista, de acordo com um estudo recente do Center for Privacy and Technology. De acordo com o estudo, o ICE estaria operando como uma agência nacional de vigilância. 

A informação vem à tona no momento em que Massachusetts acaba de aprovar o projeto de carteira de motorista para pessoas indocumentadas, o que pode ter um impacto em nossa comunidade.

Esta investigação, que durou cerca de 2 anos, revela que o serviço de Imigração construiu um sistema de vigilância através de registros públicos, quer no momento da obtenção da licença, quer mesmo quando registramos, por exemplo, o serviço de eletricidade ou gás.

De acordo com o Centro de Privacidade e Tecnologia, o Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA cruzou as linhas legais e éticas para obter informações privadas das pessoas, incluindo dados de pessoas que solicitam carteiras de motorista.

A advogada de imigração Carmen Bello destaca que o ICE conta com o apoio de diversos órgãos governamentais e que cada governo define quais serão suas prioridades de imigração.

A investigação cita que “ sem qualquer supervisão judicial, legislativa ou pública, o ICE acessou conjuntos de dados contendo informações pessoais sobre a grande maioria das pessoas que vivem nos EUA, cujos registros podem acabar nas mãos das autoridades”, tais como solicitar carteiras de motorista, serviços públicos como aquecimento, água e eletricidade ”

Um porta-voz do ICE confirmou a investigação, dizendo em um comunicado:  “Como outras agências de aplicação da lei, o ICE emprega várias formas de tecnologia para investigar violações da lei, respeitando adequadamente as liberdades civis e os interesses de privacidade. que representam uma ameaça à segurança nacional”.


Brasileira de Pouso Alegre, Minas Gerais, presa na Tailândia por tráfico de drogas, é condenada à 9 anos de prisão

Previous article

Cruzeiro pede ao STJD que Grêmio pague multa de R$ 10 a R$ 100 mil; clube aguarda análise

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade