ComunidadeDestaquesNotícias

Nova caravana de migrantes a sétima do ano de 2022, parte do sul do México

0

Cerca de 200 migrantes, entre venezuelanos, haitianos, cubanos e centro-americanos, partiram na segunda-feira em uma nova caravana de migrantes, a sétima até agora este ano, da cidade mexicana de Tapachula, estado de Chiapas, fronteira com a Guatemala, em busca de sua regularização para continuar sua rota para os Estados Unidos.

A caravana partiu da estação de imigração Siglo XXI com destino à comunidade de Álvaro Obregón, primeira parada a cerca de 15 quilômetros de Tapachula, onde montará um acampamento temporário até o diálogo com as autoridades do Instituto Nacional de Migração (INM).

Este novo grupo de migrantes, como os seis que os precederam, não esperou o processo de regularização realizado pelas autoridades de imigração em Tapachula e tomou a decisão de se agrupar e caminhar pela estrada costeira até a comunidade de Álvaro Obregón.

A new migrant caravan leaves from the Mexico-Guatemala border - Mexico  Daily Post

Um migrante de Cuba, chamado Carlos, disse que o único pedido desse grupo de migrantes é ter trânsito livre pelo México, já que não querem ficar em território mexicano.

“A única coisa que procuramos é que nos seja concedido um visto por motivos humanitários, porque é a única maneira de poder avançar para a fronteira norte”, explicou.

Enquanto Abel García, um migrante da Venezuela, lembrou que anteriormente outros migrantes que caminharam em caravana, nas semanas anteriores, obtiveram uma resposta do INM, portanto, disse ele, a ideia é chegar à comunidade de Álvaro Obregón, onde eles ocorreram negociações entre migrantes e autoridades de imigração.

“Queremos vistos, queremos vistos!” Foi o lema dos migrantes, que enfrentaram o clima rigoroso e caminharam sobre o asfalto em chamas.

Apenas no dia 30 de abril, a sexta caravana de migrantes avançou cerca de 40 quilômetros, até chegar ao município de Huixtla, onde se entregou aos agentes do INM.

O México deportou mais de 114.000 estrangeiros em 2021, segundo dados da Unidade de Política de Migração do Ministério do Interior do país.

Além disso, a Comar recebeu um recorde de 131.448 pedidos de refúgio em 2021. Desses peticionários, mais de 51.000 são haitianos.

Enquanto no ano fiscal de 2022, que começou em 1º de outubro de 2021, 1.060.094 encontros de migrantes já foram registrados na fronteira sul dos EUA, segundo dados do Customs and Border Protection Office (CBP).


Adriano Imperador apaga fotos de delegada Adriana Belém que foi presa

Previous article

Atirador mata 10 e deixa 3 feridos em supermercado no estado de Nova York

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade