DestaquesMundoNotícias

Voluntário brasileiro que lutava ao lado da Ucrânia morreu em combate, dizem colegas militares

0

O brasileiro André Hack, de 43 anos, morreu durante um combate em Severodonetsk, cidade ao leste da Ucrânia. A informação foi divulgada no domingo (6), por André Kirvaitis, outro brasileiro que também está no país europeu. 

Hack estava na Ucrânia desde 28 de fevereiro, apenas 4 dias após o início da guerra com a Rússia. Natural de Porto Alegre (RS), o militar era formado em enfermagem, serviu o Exército Brasileiro e atuou como segurança de carro forte.  Em março, o soldado que integrava uma tropa de elite da Legião Internacional de Defesa da Ucrânia relatou um ataque a uma base militar na região de Lviv. “Perdi amigos lá”, disse André Hack na época.

Além de Hack e Kirvaitis, Leanderson Paulino também atuou nos combates no território ucraniano mas já deixou o país por conta de problemas familiares. O trio já foi criticado pelos próprios brasileiros por, supostamente, usar a guerra como forma de autopromoção nos meios digitais.

A guerra entre Rússia e Ucrânia, que já dura 103 dias, mostra seu impacto em todo o mundo. Neste final de semana, o presidente da russo Vladimir Putin indicou que atacará novos alvos caso os ucranianos recebam armas de longo alcance.

Soldado voluntário brasileiro morreu na Ucrânia, dizem outros combatentes |  Mundo | O Globo


Dois mortos e 13 feridos em tiroteio na Philadelphia, na noite deste sábado

Previous article

Exploring Stormy Emotions on Family Grounds at Open Roads: New Italian Cinema ‘22

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Destaques