Léa CamposNotícias

Léa Campos: “Jardineira do Interior”

0

Enquanto alguns funcionários da empresa se esmeram para dar o melhor ao usuário, outros fazem exatamente o contrário. O tripulante Gustavo, que nos atendeu no voo entre Belo Horizonte e São Paulo, por exemplo, não tem a mínima condição de ocupar o dito cargo, além de ser mal educado e grosseiro ao tratar o viajante.

A tripulação, ao meu entender, deve ser educada no trato e ajudar o passageiro . No meu caso, por exemplo, tenho problema sério na perna, pois não me é possível dobrá-la, o que exige uma poltrona na frente para que eu possa ter um mínimo de conforto, o que é facultado pela lei 10048 sancionada no ano 2000 e modificada pelo governo Bolsonaro para melhor atendimento ao usuário. Este conforto, no voo mencionado, não foi possível, já que o tripulante em questão ignorou completamente meu problema.

Em São Paulo tive o mesmo inconveniente com a pessoa que nos atendeu no check-in, quando pedimos a poltrona da frente, disse que eu teria que pagar um extra por ela. Mencionei a lei 10048, e a “senhorita”  gritou dizendo que a lei era um invento meu e que a mesma não existia. Me ofereceu uma poltrona no meio do avião onde não consegui sentar devido à minha discapacidade na perna. Por delicadeza, um passageiro se ofereceu para trocar de poltrona e pude ter um pouco de conforto.

Faz-se necessário que a LATAM obedeça às leis do país, pois se é lei tem que ser cumprida e não deixar nas mãos de pessoas inescrupulosas que trabalham pelo cheque apenas, sem se preocupar com os problemas do passageiro. Este desabafo não é apenas por mim, vi passageiros com problemas descerem pela escada do avião, quando poderiam ter oferecido o elevador para descê-los. Tudo isso é apenas uma questão de responsabilidade com o passageiro  que paga caro para viajar como eles querem. Não estão fazendo nenhum favor em facilitar a vida do viajante. A LATAM parece “jardineira” do interior, sem espaço e espremendo os ocupantes para lucrar mais. Oferecem uma carne (dura) no jantar e dão faca de plástico que não corta nem manteiga, um abuso total. Por não ter concorrente brasileira, a LATAM deita e rola.


Social Press . 10/06/2022

Previous article

Upgrading Community Bonds at Tribeca Film Festival 2022

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Léa Campos