ComunidadeDestaquesNotícias

Brasileiras são presas em New Jersey por esquema de desconto de cheques que movimentou R$ 895 milhões

0

Duas brasileiras foram presas na última quinta-feira (9) por suspeita de comandar um esquema de fraude financeira, no condado de Burlington, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Elas, que tem entre 42 e 45 anos, são acusadas de descontar US$ 175 milhões (equivalente a R$ 895 milhões) em cheques de clientes sem ter autorização e sem registrar as transações.

O Departamento de Justiça dos EUA informou que as brasileiras descontavam cheques de clientes e não registravam os relatórios de transação em moeda (CTRs, da sigla em inglês). Os CTRs devem ser preenchidos em transações financeiras com valores acima de US$ 10 mil.

As operações financeiras consideradas fraudulentas eram realizadas nas lojas das brasileiras. Elas têm dois empreendimentos, um em Riverside e o outro em Filadélfia. Segundo a denúncia, em 22 de setembro do ano passado os investigadores flagraram uma “transação secreta” realizada pelas empresas das brasileiras. Na ocasião, uma das suspeitas pegou o cheque de um cliente – em valor acima de US$ 10 mil – e sacou dinheiro em um caixa eletrônico, descontando a taxa de 1,75% que cobrava pela transação.

Os investigadores disseram que a suspeita fotocopiou o cheque e fez o cliente anotar seu nome e fornecer um número de telefone no verso. A brasileira, no entanto, não pediu identificação do cliente, não registrou a transação em CTR e não depositou o cheque em nenhuma conta declarada de suas empresas.

Na denúncia, assinada pelo procurador americano David E. Malagold, o Departamento de Justiça sustenta que as brasileiras “operaram e continuam operando os estabelecimentos como empresas que descontam um grande volume de cheques para clientes de forma que oculta a verdadeira identidade dos clientes que recebem o dinheiro e não cumpre os requisitos de licenciamento e relatórios das leis federais, de Nova Jersey e da Pensilvânia”. De acordo com a acusação, o esquema financeiro das brasileiras facilitava o pagamento de funcionários sem registro, evitando assim a exigência de folha de pagamento e o recolhimento de imposto de renda. Procuradas pela reportagem, as defesas das acusadas não responderam aos chamados. // Fonte: O Globo.


Entenda o novo plano de Imigração anunciado por Joe Biden na Cúpula das Américas

Previous article

Suprema Corte decide contra imigrantes detidos que podem ser deportados

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Comunidade