DestaquesNotíciasUSA

A partir deste domingo, EUA não exigirá teste negativo de Covid-19 para entrar no país de avião

0

A partir deste domingo, o governo do presidente Joe Biden não exige mais que os viajantes que entram nos Estados Unidos de avião tenham que apresentar um teste negativo para COVID-19, informou a Casa Branca. As companhias aéreas e outros membros da indústria de viagens vêm pressionando o governo federal há meses para eliminar essa exigência, argumentando que isso está prejudicando a demanda de turistas para os EUA. 

A regra, estabelecida sob o ex-presidente Donald Trump e posteriormente estendida sob Biden, exigia que todos os viajantes que chegassem aos EUA, incluindo cidadãos norte-americanos, apresentassem um teste COVID-19 negativo antes de embarcar em seus voos para o país.

De acordo com fontes da companhia aérea que conversaram com a NBC, a exigência de apresentar comprovante negativo de vacinação para entrar nos EUA expirou às 12h01 de domingo. Kevin Muñoz, assistente do secretário de imprensa da Casa Branca, disse que a exigência pode ser restabelecida se os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) assim determinarem. “O CDC avaliará sua necessidade com base na ciência no contexto das variantes [COVID-19] que estão circulando”, escreveu Muñoz no Twitter. “O trabalho do presidente foi fundamental para que isso fosse feito.”

O governo Biden reforçou o requisito de teste COVID-19 em 2021, afastando-se de restrições mais duras que proíbem viagens não essenciais de dezenas de países (a maior parte da Europa, China, Brasil, África do Sul, Índia e Irã). ) pelo risco que representavam para os outros. Também reforçou a exigência de que adultos estrangeiros não imigrantes que viajem para os EUA devem ser totalmente vacinados, com apenas exceções limitadas. O mandato inicial permitia que aqueles que estivessem totalmente vacinados mostrassem a prova de um teste negativo até três dias antes da viagem, enquanto os não vacinados tinham que apresentar um teste feito no dia anterior à viagem.

Em novembro de 2021, à medida que a variante Omicron altamente contagiosa se espalhava pelo mundo, o governo Biden reforçou a exigência, exigindo que todos os viajantes, independentemente do status de vacinação, fossem testados no dia anterior à partida. Muitos outros países suspenderam seus requisitos de teste para viajantes totalmente vacinados, a fim de dar um pequeno impulso ao turismo. Organizações do setor argumentaram em fevereiro que a exigência de testes estava desatualizada devido ao grande número de casos de Omicron que já existiam em todos os estados do país, taxas de vacinação mais altas e novos tratamentos para coronavírus.


Imigrantes têm direitos em tribunal limitados pelo Supremo Tribunal

Previous article

Relatório aponta que ICE age sistematicamente em afastar ilegais do suporte jurídico

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques