DestaquesNotíciasUSA

Apreensões de migrantes na fronteira caíram ao ponto mais baixo dos últimos anos

0

As apreensões de migrantes que atravessam irregularmente a fronteira sul dos EUA caíram para o seu ponto mais baixo em anos, após a imposição de novas restrições ao asilo, informou o Departamento de Segurança Interna.

Na última semana, as autoridades registraram uma média de 2.400 detenções diárias, um número não visto desde 2021, destacaram as autoridades norte-americanas num comunicado.

O presidente Joe Biden ordenou recentemente a suspensão do processamento de asilo na fronteira dos Estados Unidos com o México caso o número de entradas ilegais atinja um limite que considera excessivo.

A medida entrou em vigor imediatamente, pois a nova política é acionada quando as prisões por entrada ilegal chegam a 2.500 por dia.

Cerca de 4.000 pessoas entram nos Estados Unidos todos os dias. Esta é uma grande mudança nas questões de imigração, uma questão crucial durante um ano eleitoral, que expôs Biden às críticas dos republicanos pelo aumento sem precedentes de recém-chegados.

A imigração é uma das principais preocupações dos eleitores; muitos deles dizem que Biden não fez o suficiente para proteger as fronteiras do país.

O ex-presidente Donald Trump, o presumível candidato presidencial republicano, fez da imigração uma pedra angular da sua campanha, dizendo que deportará pessoas que entrarem ilegalmente nos Estados Unidos e tomará outras medidas para reprimir a imigração.

Depois de Biden ter anunciado o seu plano para restringir o acesso ao asilo na fronteira sul, os opositores processaram-no, dizendo que não era diferente de uma iniciativa semelhante anunciada durante a administração Trump.


EUA enviam 116 migrantes chineses de volta ao país natal em voo de deportação

Previous article

Relatório diz que maioria das 50 mortes de imigrantes sob custódia do ICE poderia ter sido evitada

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

More in Destaques