DestaquesMundoNotícias

Universidades da Nova Zelândia abrem inscrições para bolsas de doutorado, com permissão de trabalho, inclusive para familiares

0

Três universidades da Nova Zelândia estão com inscrições abertas para seus programas de doutorado.

O que tem atraído muita gente ao país – 48% dos doutorandos são estrangeiros -, é que uma política do governo neozelandês permite que pesquisadores desse nível possam trabalhar em período integral durante o período da pesquisa e após a conclusão, recebem ainda permissão de trabalho por mais 3 anos.

Além disso, os bolsistas também podem levar cônjuges e filhos para a Nova Zelândia, podendo requisitar permissão de trabalho em tempo integral e os filhos podem estudar gratuitamente nas escolas públicas.

Confira abaixo as universidades com vagas abertas:

University of Auckland

A maior universidade do país oferece um processo facilitado para as bolsas de doutorado. Não é necessário fazer uma inscrição específica para pleitear o benefício, basta informar, no próprio processo de admissão, que gostaria de tentar uma bolsa. O processo de seleção leva em conta desempenho acadêmico e fluência de inglês, além da proposta de pesquisa. Os valores das bolsas estão em torno de 27 mil dólares neozelandeses por ano durante o período da pesquisa, que dura entre três e quatro anos. Para mais informações acesse www.studyinnewzeland.govt.nz.

University of Otago

Localizada no sul da Nova Zelândia, com paisagens exuberantes e diversas opções de lazer, a região de Otago é procurada por estudantes e pesquisadores de todo o mundo. A University of Otago oferece bolsas de até 27 mil dólares neozelandeses anuais, por três anos, para doutorandos de todas as áreas que ainda não tenham realizado um doutorado. Serão selecionados 200 candidatos por ano, e as inscrições podem ser feitas a qualquer momento no https://www.otago.ac.nz.

Auckland University of Technology

Candidatos a programas de doutorado em qualquer área do conhecimento podem pleitear bolsas de 25 mil dólares neozelandeses por ano, além da gratuidade do curso, na Auckland University of Technology, classificada entre as melhores universidades do mundo em rankings internacionais. Para concorrer ao benefício, é necessário comprovar proficiência na língua inglesa, mérito acadêmico, inscrever um projeto de pesquisa e entrar em contato com professores da instituição que possam orientar o trabalho. Em 2020 há dois prazos para as inscrições: 15 de março e 15 de julho. Para fazer a inscrição acesse https://www.studyinnewzeland.govt.nz.

A Nova Zelândia ocupa a terceira posição no ranking global do The Economist Intelligence Unit. Todas as universidades do país estão classificadas entre as melhores do mundo, de acordo com o índice internacional QS World University Rankings.


Agenda Cultural 30/1/20, by Roger Costa

Previous article

EUA limita vistos para gestantes para frear ‘turismo de maternidade’

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Destaques